FINADOS

Prefeitura divulga orientações para visitas ao cemitério no Dia de Finados

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 31-10-2020 09:01 | 550
Visitas ao cemitério terão restrições neste ano devido a pandemia
Visitas ao cemitério terão restrições neste ano devido a pandemia Foto de Arquivo

O final de semana prolongado em que se tem as celebrações de Finados será diferente este ano em São Sebastião do Paraíso. Devido as medidas restritivas de combate ao Covid-19, visitações ao Cemitério Municipal da Saudade, neste sábado,31 de outubro, no domingo, 1º de Novembro e na segunda-feira, 2 de Novembro deverão ser mais reduzidas. Uma série de medidas foram tomadas como eliminação de comércio de flores e até as celebrações de missas no local foram suspensas.

Em função das medidas adotadas e também pelo fato de haver três dias seguidos em que as pessoas poderão escolher para visitar o cemitério não há uma previsão de quantos visitantes passarão pelo local. Neste ano já foi reduzido em quase 50% a quantidade de pessoas que promoveram limpeza, reforma e pinturas nos túmulos, fato que costuma gerar movimento no cemitério na semana que antecede o Feriado de Finados. “A movimentação foi menor, muita gente está com receio devido a esta doença (corona-vírus) e isso acaba reduzindo também nosso trabalho”, relata a dona de casa Maria Geralda Santos, que todos os anos faz faxina nos túmulos.

Através de nota a Prefeitura de São Sebastião do Paraíso anuncia que não haverá horário especial de visitas ao cemitério nos três dias. O funcionamento será de 7 às 18 horas no sábado, domingo e segunda-feira. A entrada acontecerá somente pelo portão lateral, localizado em frente ao Albergue Noturno. Será obrigatório o uso de máscaras e há ainda a recomendação para que se evite aglomerações e que se mantenha o distanciamento social durante as visitas aos túmulos.

Entre as medidas restritivas consta ainda que não será permitida a montagem de barracas de comércio de flores, frutas e outros alimentos nas imediações do cemitério. Não haverá missas no interior do campo santo na segunda-feira, dia 2. Cada paróquia da cidade fará a celebração de missas nas igrejas em horários por elas estabelecidos. Na Matriz de São Judas Tadeu, por exemplo, a missa em homenagem aos falecidos será às 9 horas da manhã. Haverá a benção da água na igreja que poderá posteriormente ser levada e ser aspergida posteriormente no cemitério.

Outra indicação da Prefeitura é de que a Capela Velório será utilizada exclusivamente para esta finalidade, e o acesso ao local também será controlado para evitar aglomerações. Em caso da necessidade de realização de sepultamento por COVID-19, a entrada e a permanência dos visitantes serão suspensas no momento em que estiverem ocorrendo os trabalhos do funeral.

 

Nota

No Brasil, o Dia dos Finados, celebrado na próxima segunda-feira, 2, é um momento de visitas aos cemitérios para relembrar parentes e amigos que morreram. Neste ano de pandemia, a tradição precisa ser acompanhada por medidas sanitárias para evitar o contágio pela covid-19. Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou uma nota técnica com orientações que visam conter a disseminação da doença. “Como são esperadas centenas de pessoas em cemitérios, públicos e privados, dos 853 municípios do estado, a SES-MG estabeleceu orientações para auxiliar visitantes e trabalhadores que atuam no setor, com comércio de flores e coroas. É importante reforçar as medidas sanitárias e de higiene pessoal”, explica a superintendente de Vigilância Epidemiológica da SES-MG, Janaína Passos.

Quem participar de celebrações e rituais no Dia de Finados deve usar máscara, respeitar as medidas de distanciamento social, evitar aglomerações e seguir todas as precauções para evitar a transmissão do coronavírus. Além disso, é recomendado que as visitas sejam breves, sem apertos de mão e contato físico. Se possível, a população deve ainda evitar entrar em contato com objetos de decoração, como fotos, crucifixos e arranjos de flores.

Para integrantes dos grupos de risco, como crianças, idosos, grávidas e pessoas com imunossupressão ou doença crônica, o recomendado é não participar de celebrações e visitas neste feriado. Porém, caso decidam ir a um cemitério, a orientação é que escolham um horário com menor de fluxo de pessoas, como início da manhã ou final da tarde. “Aqueles com sinais ou sintomas de síndromes gripais, como febre, sintomas respiratórios, tosse, congestão nasal, dificuldade para respirar, falta de ar, dor de garganta, dores no corpo, dor de cabeça, perda do olfato e paladar, também devem evitar as visitas”, recomenda Janaína Passos. Como se trata de uma data de intensa movimentação, cemitérios públicos e privados devem seguir as medidas sanitárias previstas no protocolo do Plano Minas Consciente. 

É preciso que os cemitérios disponibilizem dispensa-dores de álcool gel 70% na entrada e em pontos estratégicos. Além disso, é preciso ter lavatório com dispensador de sabonete líquido e papel toalha, lixeira com tampa e pedal. Estes locais devem higienizar constantemente pisos, áreas de circulação, sanitários, maçanetas, torneiras, corrimão, interruptores, e todas as superfícies metálicas com desinfetantes a base de cloro para piso e álcool 70%.

Para evitar aglomerações, o recomendado é que todos os espaços controlem o fluxo de entrada. É permitida a permanência de uma pessoa a cada 10 metros quadrados, para ambientes fechados, e uma pessoa a cada 4 metros quadrados, para ambientes abertos. As vagas nos estacionamentos devem ser limitadas à proporção de 50% de sua capacidade, com distanciamento entre elas.