• Dos Leitores •

Ministério Público pede bloqueio de bens e que ex-prefeitos de Itamogi devolvam mais de R$ 3 milhões

Por: Redação | Categoria: Do leitor | 11-11-2020 06:05 | 2143
Foto de Reprodução

Em julho do ano passado o Dr. Promotor de Justiça Antônio José de Oliveira deu entrada no fórum da comarca de Itamogi  com uma ação pedindo o bloqueio de bens dos ex-prefeitos Janoário Arantes e Osmair Martins. O Ministério Público recebeu denúncia de irregularidades em licitações na compra de combustíveis por parte da Prefeitura.

O Dr. Promotor explica que investigou ouvindo pessoas e requisitou documentos e apurou que teve direcionamento nas licitações que favoreceram o Auto Posto Itamogi, e preço superfaturado. A cotação de preço pela Prefeitura foi somente no Auto Posto Itamogi, e um dos sócios do posto na época era o presidente do Partido Democratas, que o prefeito era filiado.

A ligação entre eles era forte, tanto é que Janoário Arantes nomeou Valdir como Secretário Municipal de Viação, Obras e Serviços Urbanos.

Na ação o Promotor de Justiça cita outra irregularidade,  no cargo de Secretário Municipal e membro da comissão de licitação ele não poderia contratar com a municipalidade.

Conforme o que foi apurado Janoário Arantes deverá devolver R$ 2.837,203,63 e Osmair e Janoário R$ 1.059. 985,13.

O processo é público.

Fábio Donizete Fernandes Marques - Itamogi -