ELEIÇÕES 2020

Como foram as eleições em São Tomás, Itamogi e Jacuí

Por: João Oliveira | Categoria: Política | 17-11-2020 14:36 | 471
Foto de Reprodução

Na área de abrangência da 260.ª Zona Eleitoral sediada em São Sebastião do Paraíso (matéria nesta edição), a disputa foi acirrada em alguns municípios. Somente em Itamogi houve reeleição do prefeito Ronaldo Dias. Em Jacuí a chefia do Executivo Municipal foi renovada, e em São Tomás de Aquino o candidato Roneido Teófilo de Carvalho que anteriormente exerceu mandato, volta a ser prefeito.

SÃO TOMÁS DE AQUINO
Em São Tomás de Aquino, o prefeito eleito Roneido Teófilo (PL), trouxe em sua chapa como vice o técnico em informática Daniel Ferreira da Silva (Daniel do Tineca). Juntos, se elegeram com 2.346 votos, ou seja, 55,25% de votos válidos nas urnas. O candidato para prefeito, Libércio Nogueira de Sousa (PDT) obteve 44,75% ou seja, 1.900 votos.

O vereador mais votado em São Tomás de Aquino foi o comerciante André Eduardo de Carvalho (o Dj André Radialista), pelo PSD, com 261 votos. Na sequência, Juninho Rodarte, pelo PSD, com 220 votos; Valdinei Vieira dos Santos (Nei Vereador), pelo PL, com 194 votos; Marquinho Fontana, pelo PSDB, com 192; Leonardo Matos Ribeiro (Léo Trosilinha), pelo PSC, com 187 votos; Ademir Campo, pelo MDB, com 178 votos; Elvis Pessoni, pelo PL, com 173; Elton Nascimento, pelo PL, com 124; e, Joanes Neto da Cruz (Jonas da Bicicletaria), pelo PDT, com 117 votos.

ITAMOGI
As eleições para prefeito em Itamogi também estiveram concentradas entre dois candidatos, e quem saiu vitorioso foi o atual prefeito Ronaldo Dias (MDB), e seu vice, José Carlos da Silva, com 61,11% de aprovação nas urnas, ou seja, 4.418 votos válidos. Já o concorrente, Janoário Arantes (DEM), obteve 38,89% - (2.812 votos).

Para vereador, o mais votado foi o trabalhador rural Marcos Benedito dos Santos (Marcão do Povo), pelo MDB, com 593 votos, seguido de André Rosa, pelo MDB, com 535 votos; Marilyam Mara de Oliveira Sousa, pelo MDB, com 480 votos; Guilherme Aparecido Silva (Oncinha), com 380 votos; Rogério Antônio Campagnoli da Silva (DEM), com 372 votos; Joubert Gomes Barbosa (Cotinha), pelo DEM, com 323 votos; Marilene Carvalho (Marilene do Armindo), pelo MDB, com 229 votos; Ari Natal Vidoni (Ari Vereador), pelo PSDB, com 280 votos e Neilson Donizete de Souza (Neilson do Gás), pelo DEM, com 233 votos.

JACUÍ
Em Jacuí, quatro candidatos disputaram a chefia do Executivo Municipal. Quem saiu vencedora com 45,74% (2.091 votos) pelo PSD, foi a professora Maria Conceição dos Reis Pereira e seu vice, o médico Veber Lucas de Oliveira. O candidato pelo DEM, Geraldo Magela, que tentava a reeleição, obteve 1.677 votos, 36,69%. O candidato David Miranda, pelo PP, 16,98% (776 votos), e o professor Luisinho 27 votos o equivalente a 0,59%

O candidato mais votado para vereador em Jacuí foi o agricultor Hernane Siqueira, pelo DEM, com 378 votos; seguido de Célio Batista, pelo PSDB, com 324 votos; Messias Macedo (Messias do Julio Cristiano), pelo DEM, com 315 votos; Ronaldo Corrêa, pelo Avante, com 313 votos; Lucas Vinicius, pelo PSDB, com 275 votos; Paulo Soares (Macarrão), pelo DEM, com 211; João Jorge, pelo DEM, com 209 votos; Fernanda Silva, pelo PP, com 204 votos; e Ednaldo Gonçalves (Ednaldo Enfermeiro), com 199  votos.