acissEMPRESAS E EMPRESÁRIOS

Formagio a pequena serralheria que se tornou grande metalúrgica

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Cidades | 21-11-2020 10:10 | 1046
Elimar Formagio Souza e Reginaldo Antônio de Souza
Elimar Formagio Souza e Reginaldo Antônio de Souza Foto de Nelson P. Duarte

Com experiência profissional e visão empreendedora, em fevereiro de 1968 o empresário Reinaldo Formagio montou a Serralheria Formagio na rua dos Antunes. O barracão foi erguido no quintal da residência de seus pais, José Formagio (Carijé) e Elisa Formagio. Reinaldo costuma brincar que “começou debaixo de um abacateiro”. Fabricava portas de aço, portões, janelas, vitrôs, grades sob medida. A serralheria foi o embrião para a Metalúrgica Formagio, uma das mais conceituadas empresas  de São Sebastião do Paraíso.

Na década de 1970, ainda na rua dos Antunes, Reinaldo passou a comercializar ferragens, fornecendo outros serralheiros. O crescimento se consolidou quando já com a denominação de Metalúrgica Formagio, a empresa foi a primeira a se instalar no Parque Industrial Maria Inês Pinto, na avenida Washington Martoni, em área doada pelo município. Reinaldo adquiriu maquinário pesado para o corte e dobra de chapas, e ampliou sua linha de produtos.

A persistência e a força de trabalho de Reinaldo foram marcantes quando ainda no início das atividades no Parque Industrial I, forte temporal destelhou por completo o barracão da Metalúrgica, causando grande estrago. Dias depois estava reconstruído.

Em 2001 a Indústria de Bebidas Ipiranga (Coca-Cola) procurava um local para instalar depósito regional em São Sebastião do Paraíso. Empreendedor, Reinaldo percebeu que seria bom negócio, e alugou seu imóvel para ser o depósito da Coca-Cola, e transferiu a Metalúrgica para o atual endereço, também na avenida Washington Martoni, 2010, na época alugado, adquirido posteriormente.

Era apenas um terreno, sem estrutura. Um mês depois já havia um barracão.  Anos depois a Bebidas Ipiranga resolveu centralizar seu depósito regional em Mococa e desocupou o imóvel alugado por Reinaldo, que o vendeu para uma transportadora.

Elimar Formagio Souza e Reginaldo Antônio de Souza, filha e genro de Reinaldo  desde 1991 eram funcionários da Metalúrgica, e a adquiriram em 2011 quando Reinaldo aposentou-se.

“Adquirimos mais máquinas, e utilizando tecnologia de ponta,  ampliamos nossa linha de produtos, hoje em dia voltada para atender empresas parceiras, tendo como diferencial os em inox para frigoríficos, curtumes, laticínios, restaurantes, lanchonetes. Estamos prestando muito serviço para o agronegócio. Produzimos secadores de café, fornos e também componentes para colhetadeiras e outros implementos.

Neste segmento produzimos também estruturas para barracões, caixas d’água”, explica.

A diretora da Metalúrgica Formagio lembra os benefícios que a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços – ACISSP - disponibiliza aos seus associados, por exemplo, convênios com planos de saúde. “A ACISSP está sempre promovendo cursos, eventos. Dr. Ailton sempre preza em apoiar os empresários, e esse apoio é muito importante”.

Empresário Reinaldo Formagio