HISTORIADOR

Para Nunca Esquecer

Por: Redação | Categoria: Cultura | 21-11-2020 14:23 | 117
Foto de Reprodução

Estamos resgatando nesta data a arte, história e memória por dever e justiça a uma raça que está nas raízes da formação do povo brasileiro. Uma raça que a nós deixou um importante legado de suas tradições na música, na dança, na culinária, nas artes e religiões. É o negro, que com o branco, tingiu o sangue e a alma do brasileiro.

A figura do grande líder Zumbi, o maior líder da resistência antiescravista nas Américas, hoje ingresso na história do Brasil, conhecido como herói da humanidade.

Outras personalidades como André Rebouças – “O representante da população Mulata” formou-se em engenharia e executou obras como as docas e o abastecimento de água no Rio de Janeiro.

Machado de Assis, filho de pais mestiços. Jornalista, contista, romancista, fundador da Academia Brasileira de Letras. Sua obra abrange todos os gêneros literários.

Antônio Carlos Gomes, neto de uma africana escrava. Regente Imperial Academia de Música e Ópera Nacional. Sua ópera o “Guarani” foi cena no teatro Scala de Milão com enorme sucesso.  Bem vindos à memória negra.

Sebastião Pimenta Filho
Cronista/Historiador

Aprovação da Lei Áurea: vitória dos abolicionista Antônio Luiz Ferreira/Coleção Princesa Isabel