HIV

Paraíso será referência para profilaxia pré-exposição de risco a infecção pelo HIV

Por: Redação | Categoria: Cidades | 26-11-2020 11:21 | 402
Foto de Denis Menezes

O Ambulatório de Infectologia da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso conta com uma recente novidade que, também, pode ser considerada importante conquista para o município na área de prevenção à Aids. Os servidores do setor passaram por um treinamento proporcionado pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio de vídeoconferência, e agora a cidade é referência na Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) de risco à infecção pelo HIV.

A PrEP consiste no uso preventivo de uma combinação de dois medicamentos antirretrovirais em um único comprimido antes da exposição sexual ao vírus, para reduzir a probabilidade de infecção pelo HIV. O objetivo é impedir que o vírus se estabeleça e se espalhe pelo corpo, prevenindo a infecção e promovendo uma vida sexual mais saudável. O método não previne outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e, portanto, deve ser combinada com outras formas de prevenção, principalmente a camisinha.

Os médicos prescrevem a PrEP para populações em situação de maior vulnerabilidade e que tenham práticas de maior risco para infecção pelo HIV, tais como: gays e homens que fazem sexo com homens (HSH), travestis e transexuais, trabalhadores do sexo, casais sorodiferentes que, por repetidas vezes, têm relações sexuais sem usar camisinha ou que têm usado a PEP (Profilaxia Pós-Exposição) repetidamente, ou que apresentem infecções sexualmente transmissíveis.

O paciente que estiver dentro dos critérios de indicação para PrEP deve conversar com um profissional de saúde para se certificar que tem indicação para a Profilaxia. A pessoa deve tomar o medicamento todos os dias, fazer exames regulares e buscar a medicação gratuitamente a cada três meses.

Antes, os pacientes que fazem parte da população alvo da PrEP eram atendidos em Passos e agora terão acesso ao atendimento no Ambulatório de Infectologia local, que fica situado à Rua Placidino Brigagão, nº 1660, centro.
(por Angélica Dizaró)