• Dos Leitores •

É preciso recuperar o patrimônio da cidade

Por: Redação | Categoria: Do leitor | 25-11-2020 05:08 | 116
Foto de Reprodução

Outro dia passando ao lado da PECB, vendo os muros caiados e com os portões fechados, fiz uma breve reflexão. Qual a razão da municipalidade ter feito uma doação a uma entidade particular de um patrimônio extremamente valioso; um imóvel muito bem localizado, de ótima topografia e sem dar explicações no mínimo aceitáveis dos benefícios que isto traria ao povo paraisense? Lembrei-me também que neste jornal na edição de 11/11/2020, alguns vereadores reclamaram das demolições efetuadas e da interrupção das obras naquele local.  

O que esperavam? Agora os Srs. edis exigem a interferência do MP no imbróglio. Foram eles que referendaram esta proposta indecente. Quando da votação deste absurdo, se posicionaram de maneira inexplicá-vel e não exigiram maiores informações. Deveriam pelo menos admitir a asneira que fizeram e, humildemente solicitarem a ajuda do MP para reverter esta situação, que no mínimo é muito estranha e que só trouxe prejuízo ao município.

Esta entidade está encerrando atividades em cidades mais importantes do que a nossa; por que seríamos agraciados com seus serviços? Tudo isto que está acontecendo já era previsto; pois já existia o precedente com a mesma entidade, que recebeu imóvel da municipalidade e nada construiu. A escritura já foi passada, o Executivo concordou com mudanças no cronograma das obras e todos ficaram calados. Será que o objetivo é contar com o esquecimento do cidadão e no futuro construir ali um condomínio de luxo, ou qualquer outra obra particular e esquecer o combinado? Isto tudo no mínimo cheira mal. 

Este local é uma praça de esportes completa, que poderia acolher centenas de jovens que não têm nenhum lazer. Grande parte desta população fica entregue ao traficante do dia, sem trabalho, sem escola, sem esporte, sem qualquer assistência, enquanto repassamos a gente que já tem muito, um patrimônio público. Está na hora é de trabalhar.  

É chegado o momento de reformar em parcelas as instalações esportivas ali existentes. Se chamadas a contribuir, acreditamos que as empresas paraisenses colaborarão. Mas o interesse do povo foi simplesmente ignorado.  

É preciso recuperar o patrimônio da cidade. Acaba de ser eleita uma nova administração municipal, e grande parte dos vereadores que votaram esta aberração se reelegeu, portanto ainda é tempo de desfazerem este crime, e marcarem seu lugar na história com esta correção.  

João Batista Mião 

Em tempo: (No último dia 20 foi o Dia da Consciência Negra: Meu pedido de desculpas aos nossos irmãos negros pelos crimes históricos e obrigado pelo enriquecimento de nossa cultura e nosso país).