NATAL 2020

Comércio funcionará em horários especiais em Paraíso

Por: João Oliveira | Categoria: Entretenimento | 07-12-2020 16:40 | 1496
Foto de Reprodução

Como em todos os anos, neste o comércio também funcionará em horários especiais para melhor atender a população e oportunizar a todos que possam ir às compras de fim de ano em São Sebastião do Paraíso. A mudança começa nesta segunda-feira (7/11). Conforme divulgou a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços  (ACISSP), entre os dias 7 e 11 de dezembro, as lojas ficam abertas até às 19h, e no sábado, dia 12, até as 14h.

Entre os dias 14 e 18 de dezembro, o comércio fica aberto até mais tarde, das 9h às 22h; no sábado, dia 19, até as 16h, e no domingo, dia 20, das 10h às 16h. Entre os dias 21 e 23, o horário também se estenderá das 9h às 22h, e na quinta (23/12), véspera de Natal, o comércio irá funcionar das 9h às 18h e não abrirá no dia 25 de dezembro.

O retorno acontece no sábado, dia 26, das 9h às 13h, fechando no domingo (27/11), e voltando a abrir entre os dias 28 e 31 de dezembro, das 9h às 18h. De acordo com a ACISSP, para aqueles empregadores que possuírem funcionários sindicalizados a compensação dos dias trabalhados deve seguir o acordo estabelecido pelo Sindicato dos Trabalhadores que está em fase de finalização e será disponibilizado aos interessados, bastando entrar em contato com a ACISSP.

Ainda, segundo a Associação, outro aspecto que deve ser levado em consideração pelas empresas é que ainda enfrentamos o coronavírus e, por essa razão, não se pode deixar de seguir todas as recomendações das autoridades sanitárias, como disponibilizar álcool gel, exigir uso de máscara para todos e manter o distanciamento social.

Por fim, a ACISSP lembra que é “importante salientar que a Lei 13.647/2017, Reforma Trabalhista, atualizou vários pontos da CLT e no tocante às horas extras e trabalho aos domingos trouxe a compensação do dia trabalhado pelo conhecido “banco de horas”. Assim, o empregador pode optar por compensar o colaborador com folga em outros dias em vez de pagar valor dobrado”, finaliza.