CORONAVÍRUS

Com Onda Amarela em Paraíso, atividades econômicas voltam a ficar mais restritas

Por: João Oliveira | Categoria: Saúde | 18-12-2020 10:50 | 74
Foto de Reprodução

A partir desta segunda-feira (21/12), São Sebastião do Paraíso volta a adotar o protocolo Onda Amarela do programa Minas Consciente. Com isto, atividades econômicas com alto índice de infecção pela Covid-19 voltam a ficar restritas, não podendo mais funcionar, entre elas, eventos com presença de público, apresentações ao vivo e cinema.

Entre os dias 11 a 18 de dezembro, foram registrados em São Sebastião do Paraíso 132 novos casos confirmados, além de três novos óbitos. O número representou um salto nas novas notificações desde que o município havia anunciado a Onda Verde em decorrência da queda nos números em meados de novembro.

Na última quinta-feira (17/12), em live para anunciar a medida, representantes da Saúde atribuíram esse aumento dos casos ao volume de exames que tem sido feito. Além disso, a preocupação maior é em relação às festas de fim de ano e a aglomeração nas ruas e estabelecimentos comerciais. Com a Onda Amarela, de acordo com protocolo no Minas Consciente, volta a ficar restrito o funcionamento de serviços não essenciais com alto risco de infecção, entre eles as atividades artísticas como produção teatral, musical e de dança e circo.

Também passa a ficar restrito o funcionamento de academias e demais atividades de condicionamento físico, clubes, feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê, parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca, bares com entretenimento e serviços de colocação de piercings e tatuagens.

A fim de registrar o ato, a Prefeitura de São Sebastião do Paraíso ainda publicará um decreto sobre a Onda Amarela, mas informou que, tendo sido adotado o protocolo do Estado, não existe a obrigatoriedade de um decreto, uma vez que é os estabelecimentos envolvidos que devem acompanhar a situação do município e se adequar aos protocolos adotadas pela municipalidade.