TIRO DE GUERRA

Troca de comando no Tiro de Guerra em Paraíso foi no Teatro Municipal

Por: João Oliveira | Categoria: Cidades | 07-01-2021 18:02 | 560
Foto de Bryan Felipe

Na manhã desta quinta-feira (7/1) houve solenidade de troca de comando no Tiro de Guerra 04-025. O subtenente Eliseu Salustiano dos Santos assumiu o comando em substituição ao 1º sargento Reinaldo Cunha Souza. Santos era auxiliar do setor financeiro do 47º Batalhão de Infantaria em Coxim, no Mato Grasso do Sul. Também assumiu a instrução dos atiradores o sargento Ueder Lempke. O evento contou com poucos convidados e, em respeito aos protocolos de Saúde, não teve a presença de atiradores.

Segundo destacou o prefeito Marcelo Morais, o município precisa prestar os auxílios previstos em convênios estabelecidos com o Tiro de Guerra. “Fiz questão de estar presente na solenidade para dar essas boas-vindas e sempre nos colocando à disposição para que as instituições possam ser fortalecidas. Vejo com muita alegria o trabalho que o 1º sargento Reinaldo desempenhou no município e, agora, o subtenente Eliseu assume para dar continuidade. Deixo as boas-vindas e, consequentemente, que o TG possa ser parceiro da Administração para que possamos demonstrar aos jovens o papel social que gostaríamos que desempenhem na sociedade”, disse.

O novo comandante do Tiro de Guerra ressaltou que, assumir o comando da TG em Paraíso, é motivo de muita satisfação. “Aqui é um povo muito humilde, acolhedor, como a minha origem. Em relação ao TG, a função que o Exército Brasileiro nos dá, é de grande responsabilidade. Levamos a esses jovens as tradições, as disciplinas que eles devem ter no cumprimento de horário e atividades, bem como a superação dos desafios e, também, o mais importante: integrar esses jovens à sociedade paraisense. O prefeito demonstrou muito apoio para que possamos desempenhar nossas atividades. Espero poder atender às expectativas e anseios da comunidade”, completou.

À solenidade de troca de comando compareceram autoridades civis e militares, e representantes de segmentos da sociedade paraisense.