SEMPRE-SUDOESTE/MG @ IN-FORMAÇÃO

O Sagrado ato de servir ao público em tempos de pandemia

Por: Redação | Categoria: Cidades | 09-01-2021 12:05 | 372
Foto de Reprodução

“A expressão serviço público ou servidor público é carregada de significados nem sempre percebidos. Isso porque o verbo ‘servir’ é amiúde, desconsiderado na expressão. É comum observar ‘servir’ com o significado de trabalhar em função de alguém. Assim, servidor é alguém que serve a outro, cumprindo com dedicação esse servir. Servidor público, então, tem o significado que vai além da ideia de uma prestação, no caso, de um serviço. O significado de servidor se associa à arte de servir ao público”. Rogério Zanon

Ao olharmos para as motivações individuais desse grande número de pessoas que compõem o setor público, é necessário também reconhecer o que está para além destas motivações e que influenciam diretamente as escolhas e expectativas geradas nestas pessoas: o propósito do setor público.

Antonio Napole, diretor da fundação ‘Brasil Meu Amor’ e professor do CLP, lembra que o grande objetivo do trabalho no setor público é cuidar do bem comum. Neste sentido, quando uma pessoa opta por trabalhar no setor público está se comprometendo a servir às necessidades da população.

Napole traz uma metáfora interessante ao comparar o serviço público com o trabalho desenvolvido por uma síndica de um prédio. A síndica é a colaboradora que está ali se disponibilizando para cuidar do condomínio, do bem que é comum a todos os moradores daquele edifício. Ao assumir o papel de ser síndica, é preciso estar disposta a resolver problemas extremamente complexos que derivam de todo o ecossistema existente das demandas e dinâmicas que envolvem um grupo de pessoas em um mesmo espaço com diferentes necessidades e interesses. Esse é o cenário que os servidores costumam encontrar.

Ao desmembrarmos a palavra “servidor”, percebemos o ato de servir à dor do outro existente no próprio trocadilho da palavra. Ser servidor(a) público(a) é:

- ser apaixonada(o) por gente;

- gostar de melhorar o dia a dia das pessoas;

- estar disposta(o) a doar seu tempo, amor e atenção para cuidar de gente com todas as complexidades e demandas existentes neste desafio.

Nada mais pertinente neste momento de pandemia do que esta metáfora. No ato de servir ao público, os servidores, de modo especial os servidores que estão na linha de frente do combate ao coranavírus, não podendo se furtar ao desempenho de suas funções, expõem-se, cada vez mais ao risco de contágio.

Apesar das adversidades, nada é mais gratificante do que a satisfação do dever cumprido; um sorriso, um elogio, um “muito obrigado” pelo trabalho bem desempenhado.

Servir ao público, principalmente a nossa população tão carente de tudo, é mais que cumprir sua missão ou jornada de trabalho, servir é um ato de amor.

É extremamente importante que toda a população ajude a cuidar de quem está cuidando de todos nós neste momento: use máscara, higienize as mãos, use álcool em gel, mantenha o distanciamento, não promova nem participe de festas, fique em casa sempre que for possível. Se cada um de nós fizer a sua parte, venceremos juntos este vírus.