CORONAVÍRUS

Paraíso registra mais um óbito e 29 novos casos de Covid-19

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 21-01-2021 06:05 | 890
Foto: Reprodução

Em São Sebastião do Paraíso subiu nesta quinta-feira,21, para 2.182 casos confirmados de coronavírus e aumentou para 69 a quantidade de óbitos em função da doença. Com quase 7.900 notificações já realizadas nos últimos 10 meses, mais de 2.060 pessoas recuperaram-se da enfermidade. De forma mais tranquila estão as taxas de ocupação hospitalar na Santa Casa de Misericórdia, que tem na UTI-Covid e na Enfermaria 75% de suas capacidades sendo utilizadas.

O boletim divulgado na tarde de quinta-feira,21, pela Prefeitura aponta ainda que no intervalo entre a última divulgação na terça-feira,19, surgiram 29 novos casos de Covid confirmados através de exames laboratoriais. Na quarta-feira não houve divulgação em função do feriado de 20 de janeiro, dia do padroeiro São Sebastião. Já nesta quinta-feira,21, o boletim epidemiológico informa que o município está com 7.879 notificações, sendo que as novas somam 221.

Dado que vem chamando a atenção nos últimos dias é a quantidade de óbitos com média de pelo menos um por dia. Nesta madrugada foi registrado mais um caso, o de uma mulher que estava hospitalizada e em tratamento contra o coronavírus, mas que não resistiu ao avanço da doença. Ela é quarta integrante da família que falece no intervalo de 11 dias vítima do Covid-19. No início da semana seu esposo que também estava hospitalizado, acabou falecendo. Com isso o número de óbitos no município chega a 69 uma crescente significativa nas últimas semanas, desde o início do ano. Outros 44 casos de óbito foram descartados através de exames laboratoriais.

Em Paraíso ainda estão registradas 19 pessoas em isolamento domiciliar sendo monitoradas pelas equipes da Vigilância Epidemiológica. Na semana passada o prefeito Marcelo de Morais e o vice-prefeito, Daniel Tales, anunciaram que iriam intensificar a fiscalização sobre estas pessoas que devem ficar em casa em quarentena. Denúncias foram apresentadas de que pacientes em condição de isolamento estavam circulando pela cidade e até mesmo situação de quem estaria no trabalho, com o risco de estar contaminando outras pessoas. “Isso é crime contra a saúde pública e nó não iremos tolerar quem estiver agindo desta maneira, tomaremos as providências necessárias”, disse o prefeito.

Quanto a taxa de ocupação hospitalar, depois de iniciar a semana com índice de 100% na UTI, após remanejamento de leitos a Santa Casa informa que conseguiu aliviar o quadro. A unidade intensiva tem 15 dos 20 leitos destinados para atendimento do Covid-19 ocupados. O volume representa 75% do total disponível. Já na Enfermaria o percentual de ocupação chega a 75,59%, sendo 36 dos 47 leitos ocupados.