CURTAS DA EDIÇÃO 2484

Curtas

Por: Redação | Categoria: Cidades | 20-02-2021 09:39 | 188
Foto de Reprodução

Subestimou
A Petrobras ao que tudo indica mexeu num vespeiro. Não se contentando com os recente 6% de aumento que impôs no preço do óleo diesel, voltou a major em mais 14% o litro do produto na última quinta (18/2). Caminhoneiros de imediato mostraram descontentamento, e isso tem sido demonstrado em redes sociais. A Petrobras subestimou o consumidor brasileiro, e o troco pode ser uma paralisação de caminhoneiros a partir do dia 1.º de março. Um líder do setor, disse que “esta foi uma pá de cal, em cima dos caminhoneiros autônomos”.

Expectativa
O transporte coletivo de passageiros em São Sebastião do Paraíso deve voltar a operar em 1º de março. Essa é a expectativa do prefeito Marcelo Morais, manifestada durante realização de audiência pública ocorrida nesta semana na Câmara Municipal. O encontro debateu o Projeto que autoriza o Executivo pagar subsídio tarifário à empresa que será prestadora do serviço. Conforme ficou estabelecido foi autorizado a abrir crédito adicional especial de R$210 mil, dividido em parcelas mensais de R$ 35 mil para custear o serviço, caso o movimento de passageiros não atinja o volume necessário para bancar o funcionamento do sistema.

Emergencial
Após a aprovação do subsídio pela Câmara, a Prefeitura abriu um Chamamento Público Emergencial que por sete dias aguardará propostas das empresas que queiram participar do certame. Segundo o prefeito, pelo menos cinco empresários que falaram com ele pessoalmente manifestaram interesse em participar da concorrência. O empresário Waldir Teixeira, que antes prestava o serviço na comunidade e que possui outra empresa em Botucatu (SP) pode participar e se vencer volta a prestar serviço na comunidade. O resultado deverá ser divulgado até a próxima quinta-feira,25.

Parceria
O vice-prefeito de Paraíso, Daniel Thales, juntamente com os secretários de Obras, Luerci de Paula Soares e a secretária de Saúde, Adelma Lúcia da Silva estiveram em visita ao distrito de Termópolis para ouvir os anseios da comunidade. O intuito foi o mesmo, permitir que os moradores do local apontassem prioridades a serem atendidas pela administração. A principal reivindicação é o calçamento de ruas obra que é precedida da implantação da rede coletora de águas pluviais e esgoto. Futuramente fala-se na instalação de estação de tratamento de resíduos, mas será que a população vai querer pagar pelo benefício foi uma das questões levantadas.

Paliativos
Luerci de Paula informou que de início será feito novo cascalhamento nas ruas de Termópolis para deixá-las transitáveis, e a limpeza de terrenos e manutenção na pracinha. Na parte da Saúde, existe a preocupação com atendimento nos dois distritos do Município - Termópolis e Guardinha - e com a realização de obras que acontecerão de forma integrada entre as secretarias inclusive no posto de saúde. Ela enfatizou que há uma população que precisa de todos os cuidados e que a administração busca atender as demandas e necessidades, interagindo entre as secretarias para o bom funcionamento do governo local.

Vacinas
A falta de vacinas contra a Covid fez com que a campanha de vacinação nos municípios fossem interrompidas e a situação não é apenas em São Sebastião do Paraíso. Mais uma vez o Governo Federal que é quem faz a compra do material comprova que não se organizou devidamente para a questão, uma vez que a quantidade de doses adquiridas não foram suficientes para o início dos trabalhos. A considerar que são duas doses por pessoas tudo indica que vai demorar longo tempo para que toda a população seja imunizada. Governadores e prefeitos que estão mais próximos da população são os principais alvos das cobranças.

Repasse
Os gestores municipais receberam a segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) nesta sexta-feira, 19 de fevereiro. O valor total da transferência constitucional foi de R$ 1.056.654.762,54 em valores brutos. Com a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o montante fica em R$ 845.323.810,03. Com crescimento de 7,56% em relação ao mesmo repasse do ano anterior, o segundo decêndio representa em média 20% do FPM total do mês. No caso de Paraíso o valor bruto recebido ficou em torno de R$ 395.089,76.

Convocação
A partir de segunda-feira,22, professores interessados em participar do processo de convocação para atuar em uma das escolas estaduais que disponibilizam a educação profissional poderão fazer sua inscrição em uma das unidades que oferecem os cursos. As inscrições deverão ser feitas presencialmente, sempre observando as normas e protocolos de vigilância epidemiológicas e sanitárias de prevenção da covid-19. Os procedimentos para inscrição e classificação de candidatos constam na Resolução SEE nº 4.503, publicada nesta sexta-feira (19/2), na página 14, do Diário Oficial de Minas Gerais.