CIRCULAR

Burocracia emperra início das operações: circular volta nesta segunda

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cidades | 04-03-2021 17:56 | 597
Uma semana após o fim do processo licitatório, empresa ainda não conseguiu colocar os ônibus em circulação
Uma semana após o fim do processo licitatório, empresa ainda não conseguiu colocar os ônibus em circulação Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso marcou nova data para o início das atividades da empresa Talma Transportes, de Belo Horizonte (MG), que assumirá o transporte coletivo na cidade. A prestação de serviço antes anunciada para 1º de março foi transferido para 8 de março, segunda-feira, devido a questões burocráticas de regularização da empresa e contratação de funcionários. O valor da passagem está mantido no mesmo valor praticado em janeiro quando era cobrado R$3,45 dos usuários.

Na quinta-feira,4, completou uma semana que o resultado do processo de contratação emergencial da Prefeitura foi concluído. A Talma Transportes foi apresentada como vencedora do certame por ter sido a única concorrente a apresentar uma proposta.

A empresa chegou a apresentar a frota de veículos a ser utilizada no município e o início das atividades chegou a ser anunciado para ocorrer na última segunda-feira, 1º de março.

No entanto as pessoas que utilizam o serviço continuam a pé desde o

de janeiro quando funcionários da antiga empresa - Viação Leopoldinense - iniciaram uma greve que os levou a demissão de cerca de 40 trabalhadores.

Desde então usuários do serviço têm recorrido a corridas de mototáxis, táxis, carros de aplicativos, caronas ou irem a pé para o trabalho.

Conforme informações divulgadas pelo prefeito Marcelo Morais o início das operações da nova empresa esbarrou na burocracia. Inicialmente a Malta Transportes iniciou um processo de seleção e contratação de funcionários. Atendendo a solicitação do prefeito foi dada a preferência para trabalhadores que atuavam na antiga empresa prestadora do serviço.

Outra questão que atrasou o início das atividades é a legalização da empresa dentro do município com criação de CNPJ e outros procedimentos como a plotagem dos veículos entre outros detalhes.

Conforme anunciado, "o transporte coletivo urbano passa a operar nessa segunda-feira, dia 8".  Inicialmente, serão quatro linhas 1, 2, 3 e 5, e que circularão nos mesmos horários e trajetos que operavam no período pós-pandemia. Não houve alteração em relação ao valor da passagem, que será R$ 3,45. Os idosos que possuem a carteirinha continuam tendo direito à gratuidade e aqueles do COMAS precisarão renovar novamente, todavia, a Secretaria de Desenvolvimento Social entrará em contato com essas pessoas.