LIONS CLUBE

Filosofia leonística

Filosofia significa “amor à sabedoria”
Por: Redação | Categoria: Entretenimento | 10-03-2021 16:12 | 70
Foto: Reprodução

Desde a fundação de Lions Internacional, os associados de um Lions Clube, presumivelmente, são instruídos sobre a filosofia que deve nortear sua atuação.  Ou seja, o conjunto de documentos, estudos ou considerações que reúnem uma ordem determinada de conhecimentos que servem de fundamento para o aprimoramento do movimento leonístico.

A preparação deve ser efetuada de tal modo que o neófito seja devidamente conscientizado do que significará, para ele, a condição de associado do maior clube de serviços do mundo, e não associado de um clube social ou esportivo.

Transmitir a filosofia leonística a um novo associado, como entendemos, deve constituir um verdadeiro processo de doutrinação.  Não é uma questão de proselitismo, mas uma questão de conscientização.   Isso não é tão difícil, desde que seu padrinho, ao escolhê-lo para indicação, já tenha detectado as qualidades inerentes à sua condição de futuro Companheiro ou Companheira.

Depois da posse, o padrinho não poderá deixar seu afilhado ou afilhada, e respectivo cônjuge, sozinhos e esquecidos.  É necessário e indispensável que o padrinho faça com que eles entendam seu papel, apresentando-lhes tudo o que se refere à filosofia tão extraordinária que nos foi deixada por Melvin Jones e seus leais seguidores.

E onde buscar esses ensinamentos? Nos documentos que estão disponíveis a partir da integração do associado no Clube.  Vejamos:

No compromisso de posse do Leão, que é uma promessa que o Companheiro ou a Companheira assumiu quando do seu ingresso no Clube.  Com essa promessa, o associado passa a exercitar uma responsabilidade que o colocará ao lado dos demais componentes do Clube, no cumprimento das tarefas que lhe serão confiadas, no sentido de cumprir rigorosamente o Código de Ética, os Propósito, os Estatutos e as ideias que fluem das letras formadas pela palavra Lions: Liberdade, Igualdade, Ordem, Nacionalismo e Serviço.

No Código de Ética do Leão, em que seu comportamento como Companheiro ou Companheira estará perfeitamente delineado, indicando-lhe o perfil de cidadão que o Clube espera dele:  ter fé nos méritos da sua profissão;  defender sua remuneração ou lucro, justamente merecidos;  ser leal com os clientes e sincero consigo mesmo;  decidir quando em dúvida contra sua própria pessoa; praticar a amizade como um fim e não como um meio; ter sempre presente seus deveres de cidadão, para com sua localidade, seu estado e seu país; ajudar os seus semelhantes em suas necessidades; ser comedido na crítica e generoso no elogio.

Nos Propósitos de Lions Clube, que lhe mostram as finalidades para as quais o movimento leonístico se propõe, onde são destacados:  sua responsabilidade como cidadão; espírito de respeito e consideração entre os povos; estudo e prática dos princípios de boa cidadania; manutenção de um bom companheirismo e compreensão mútua; ativo interesse pelo bem estar cívico, cultural, social e moral da comunidade;  livre discussão de todos os assuntos de interesse público, exceto de política partidária e sectarismo religioso; promoção de valores éticos em seus negócios e profissões.

Nos Estatutos e Regulamentos do seu Clube, do Distrito, do Distrito Múltiplo e de Lions Internacional. Onde se encontram definidos os conceitos e práticas adotadas no movimento, com indicação sobre as maneiras de atuar e buscando-se a harmonia entre todos os que dela participam.

No Protocolo Leonístico, no qual se definem algumas regras sobre hierarquia, constituição de mesas de trabalho, representação nos eventos, uso dos símbolos leonísticos e nacionais, e outros elementos essenciais ao bom desempenho e boa apresentação dos Clubes e dos seus componentes.

Afora esses documentos básicos, existem inúmeras publicações esclarecedoras, fruto do trabalho denodado de Leões que se dedicam a aprofundar o conhecimento do que recomenda a prática leonística, para os seus Companheiros e Companheiras.

Assim, não se pode falar em falta de material didático para quem de fato quer conhecer a realidade do movimento leonístico, contida em sua filosofia.

Existem ainda os eventos leonísticos em diversos níveis, como Comitês Assessores, Reuniões do Conselho Distrital, Convenções Distrital, do Distrito Múltiplo L e Internacional, além dos fóruns, seminários e palestras que são realizados frequentemente e que complementam os elementos fundamentais.

Durante as assembleias ordinárias dos Clubes, a Instrução Leonística faz parte da programação, constituindo-se num ponto de destaque da reunião.  E nessa ocasião que um Companheiro ou Companheira previamente designado profere breve alocução tratando de assunto leonístico de relevância.

Com o conhecimento adquirido, através desses documentos, juntamente com a participação nos eventos programados, aliado ao interesse que lhe foi despertado pelo seu padrinho, não existe dúvida que a pessoa do novo associado estará perfeitamente identificada com o perfil do Leão que se deseja para o fortalecimento e crescimento do leonismo.
NÓS SERVIMOS!