MUDAS NATIVAS

Parque da Serrinha poderá receber o plantio de 1.702 mudas de espécies nativas

Denit propôs fazer o plantio para compensar cortes a serem feitos para término da obra de asfaltamento da BR 265 entre Jacuí e Alpinópolis
Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Agricultura | 16-03-2021 18:26 | 623
Foto: Nelson P. Duarte/ Jornal do Sudoeste

O Parque da Serrinha, em São Sebastião do Paraíso poderá receber o plantio de 1.702 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, o que segundo projeção irá ocupar uma área de 4,3 hectares, atualmente como pastagem. A proposta de plantio foi feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Denit) por sua unidade em Passos.

O que talvez paraisenses não saibam, é que o imóvel onde se localiza o Parque da Serrinha tem escritura registrada onde consta como proprietária a Câmara Municipal, e não a Prefeitura, como se pensava. A informação surpreendeu o presidente Lisandro Monteiro, e até mesmo funcionários da Câmara Municipal.

Na sessão desta segunda (15/3), Lisandro leu ofício assinado pelo chefe do Denit em Passos, engenheiro Fabiano de Oliveira Leite, formulando a proposta. Ontem ele encontrou-se com o prefeito Marcelo Morais, o vice-prefeito Daniel Tales, o presidente da Câmara Lisandro Monteiro, o secretário municipal de Meio Ambiente e Agricultura, Renan Jorge Preto, vereador Luiz de Paula, no Parque da Serrinha.

O engenheiro salientou que o Denit está em fase final de elaboração do projeto para o término da ligação asfáltica da BR 265 no trecho entre Jacuí, e Alpinópolis, e que como haverá mudança no eixo da estrada, com supressão algumas espécies nativas terão que ser cortadas, e é exigida de órgãos ambientais, a compensação com o plantio em outro local de igual área.

Esta tem sido uma das questões que estão emperrando o término da obra, e ações foram ajuizadas no Judiciário. Há pelo menos três anos o projeto foi entregue ao IBAMA para análise, e há a possibilidade daquele órgão delegar poder a órgão do Estado de Minas para análise e autorização.

No dia 19 de janeiro Fabiano Leite esteve com uma equipe do Denit no Parque da Serrinha. Um projeto foi elaborado e apresentado ontem ao vereador Lisandro Monteiro ao prefeito Marcelo Morais e secretário Renan Preto que acataram o pedido do Denit, e o acordo formalizado.

Segundo informações, está prevista para os próximos dias uma decisão do IBAMA, o que significa uma “chance” do edital para o término da pavimentação ocorrer este ano, e obras se reiniciarem em 2022.

A Câmara Municipal conforme consta em escritura adquiriu o imóvel em 1910, e há um registro mais recente, datado de 1986.