CORONAVÍRUS

106 pessoas já morreram de Covid-19 em Paraíso desde o início da pandemia

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 19-03-2021 12:30 | 716
Foto: Reprodução

Desde domingo,14, até a sexta-feira,19, foram registradas seis mortes no município. Com isso o total de falecidos em decorrência de complicações do coronavírus passou para 106 casos. Os números do Boletim Epidemiológico na última quinta-feira,18, apresentaram a descrição do índice de internação hospitalar através do SUS e nas unidades particulares, mas foi removida no dia seguinte.

Com o crescimento, principalmente dos casos de óbitos registrados nesta semana o município paraisense vem acompanhando as tendências registradas em Minas Gerais referente ao aumento dos números de casos e de mortes por coronavírus. No pior momento da pandemia o estado, alcançou a casa de um milhão de pessoas infectadas pelo coronavírus. Quanto às mortes, também durante a semana foi atingida a marca de em um só dia de 314 óbitos, no estado.

Em Paraíso os números também seguem tendência de alta. Somente na quinta-feira,18, foram 58 novas notificações que elevaram o total para 9.980.

Os casos confirmados tiveram um aumento de 18 novas situações e agora totalizam 3.038 confirmações. Com este diagnóstico de confirmados, estão hospitalizados 17 pacientes e são 41 com o mesmo indicativo, que estão sendo mantidos em isolamento domiciliar.

Na sexta-feira,19, as notificações aumentaram em 57 novos registros, totalizando 10.037. Os casos confirmados também cresceram em 18 novas ocorrências e a soma chegou a casa de 3.056 confirmações. A única redução entre estes dois dias foi o de pessoas hospitalizadas, que passou para 16. Já entre as pessoas mantidas em isolamento domiciliar, com diagnóstico confirmado, o total passou de 41 para 45 registros.

Com mais um caso registrado nas últimas horas, subiu para 106 a quantidade de pessoas que perderam a vida para a Covid-19, no município desde o início da pandemia. Detalhe que chama atenção é que nesta semana já são seis ocorrências de óbito desde o fim de semana. Neste momento não há mais nenhum caso sendo investigado, mas os números apontam para a existência de 52 casos de óbitos que foram descartados.

São 2.889 os que se recuperaram da doença. Há ainda 1.745 casos que foram descartados,1.693 descartados recuperados, além de outros 295 que na condição de suspeitos, estão em isolamento domiciliar, sendo monitorados.

A novidade do Boletim Epidemiológico apresentado na quinta-feira,18, que só foi divulgado pela Prefeitura por volta das 19 horas são as internações realizadas por convênios e planos particulares. Na ala clínica particular são cinco os internados e na UTI Particular dois pacientes. Contudo, o indicativo foi retirado do boletim de sexta-feira.

Em comparação entre os dois últimos dias entre os que são tratados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na quinta, a taxa de ocupação na Enfermaria Covid da Santa Casa, era de 61,70%, com 29 dos 47 leitos disponibilizados ocupados. Dos 29 pacientes, 15 são paraisenses e 14 de outras cidades.

Na UTI Covid, a disponibilidade de leitos era menor, 20, e a ocupação chegou a 80%, ou seja, 16 leitos sendo utilizados e apenas quatro disponíveis. Seis pacientes são de Paraíso e outros 10 oriundos de cidades da região.

Na sexta, a Enfermaria Covid estava 74,46% de sua capacidade sendo utilizada. Do total de 47, 35 leitos estavam sendo ocupados, sendo 14 por paraisenses e outros 21 por moradores de outras cidades. Na UTI Covid a taxa de ocupação alcançou 60%, com 12 dos 20 leitos disponíveis ocupados. Nesta ala quatro pacientes são de Paraíso e oito possuem residência em cidades da região.

Avaliação
O prefeito de São Sebastião do Paraíso, Marcelo Morais, e o vice, Daniel Tales, estiveram reunidos com os membros do Comitê Municipal de Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 para alinhar as informações referentes às últimas medidas adotadas esta semana pela Prefeitura. Daniel  explicou dados gráficos sobre os atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), incluindo os picos que ocorreram no final do ano (Natal e réveillon) e no feriado de Carnaval.

Segundo Morais os números da evolução da pandemia em Paraíso estão sendo monitorados a cada seis horas e na próxima segunda-feira,22, será realizada nova análise da situação.  “O que está norteando as decisões do município são as estatísticas e os números relacionados às contaminações, internações e ocupação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que, hoje, está com maior número de internados de pessoas que são de outros municípios”, explicou Morais.

Para o diretor clínico da Santa Casa, médico Luciano Constantini, a situação está estável. Ele ressaltou que o resultado de todo o trabalho está sendo demonstrado nos gráficos e que, se comparado aos últimos meses de 2020, agora os pacientes estão chegando ao hospital de forma “menos grave”, devido ao atendimento inicial realizado desde o mês de janeiro no Centro Covid, instalado na Vila Santa Maria, ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).