ACELERANDO AS VENDAS

O que é DRE e quais seus benefícios

Se você ainda não sabe qual a lucratividade exata da sua empresa, ajuste seu DRE
Por: James Warley | Categoria: Comércio | 24-03-2021 14:58 | 158
Foto: Divulgação

Por mais estranho que pareça, há muitos empresários que ainda não conseguem ter certeza se a lucratividade encontrada para sua operação está correta. Alguns ficam em dúvida se ao conceder desconto continua com lucro; outros, a cada negociação, temem ter feito um mau negócio. Isso é terrível!

Os negócios são idealizados para realização de um propósito e geração de lucro. Se a empresa vende bem, mas o gestor não consegue administrar as suas finanças, a dificuldade precisa ser superada com urgência, antes que seja muito tarde.

ANÁLISE DA LUCRATIVIDADE
Todos os meses, você precisa identificar o resultado do seu negócio de maneira clara e precisa. Essa é a finalidade do Demonstrativo de Resultados do Exercício - DRE gerencial. Não importa o tamanho da sua empresa, profissionalizar a gestão é uma exigência para quem deseja crescer com sustentabilidade durante toda a vida do negócio.

Normalmente, uma planilha de DRE é estruturada da seguinte maneira:

  1. Receita operacional
  2. – Deduções
  3. = Receita líquida
  4. – Custo da mercadoria vendida
  5. = Lucro bruto
  6. – Despesas com vendas, administrativas e financeiras
  7. = Resultado operacional líquido
  8. – Despesas extras
  9. = Resultado antes de IR e CSLL
  10. – Provisões de IR e CSLL
  11. = Resultado líquido

O termo “custo da mercadoria vendida”, do item 4, é aplicado para comércio. Na indústria, usa-se “custo do produto vendido” e para prestadores de serviço “custo do serviço prestado”.

DICA DE OURO
Para identificação desse custo, quando se trata de produtos, várias empresas consideram o valor do estoque inicial, adicionam o valor das compras no período e subtraem o do estoque final. Contudo, essa representação não é precisa, uma vez que esses valores se referem ao estoque global e não aos produtos efetivamente vendidos.

Desse modo, nas empresas em que há diferença significativa de preço entre os produtos, além de sazonalidade por categoria, a análise da lucratividade fica comprometida. Por essa razão, ao estruturar o DRE da sua empresa, considere no custo da mercadoria vendida o preço de compra dos produtos vendidos.

O espaço é pequeno para esgotarmos um assunto tão relevante para o sucesso financeiro da sua organização, mas você pode contar conosco para melhor entendimento da sua realidade. Envie-nos um e-mail ou acesse nosso site.

Oferecemos mentoria e ferramentas adequadas para transformação dos seus resultados.

James Warley
consultoria@idecorp.com.br