CORONAVÍRUS

Onda Roxa do Minas Consciente não reduz número de mortes em Paraíso

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 05-04-2021 20:49 | 619
Foto: Reprodução

São Sebastião do Paraíso registrou em março o segundo mês do ano com maior número de mortes provocada por complicações da Covid-19. Foram 27 pessoas que perderam a vida para a doença, número que é inferior a janeiro quando foram registrados 28 casos. Apesar das restrições vividas no município em cerca de 10 dias da Onda Roxa do plano Minas Consciente, abril já segue com cinco óbitos registrados e segundo estimativas de especialistas pode ser o mês mais triste do período da pandemia.

Se não fossem as medidas preventivas adotadas pela Prefeitura em janeiro com a criação do Centro de Covid e intensificação das fiscalizações contra os abusos cometidos pelas pessoas em desobedecerem regras e recomendações de prevenção contra o coronavírus, o mês poderia ter sido mais trágico em relação a quantidade de mortes, 28 casos em 31 dias.

Em fevereiro o índice caiu significativamente, para 17 ocorrências, apesar do período ter tido apenas 28 dias. Novamente em março os números de mortes voltaram a subir e ficaram em 27 registros, como consequência dos efeitos da segunda onda, mais transmissiva e grave da doença.

Desde o início de abril até a segunda-feira,5, foram registradas cinco ocorrências de morte de pessoas que não resistiram ao coronavírus. Conforme Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura o total de óbitos no município desde o início da pandemia chega a 128 casos. Com 83 novos casos o total de notificações chega a 10.833 registros e as confirmações receberam mais 43 ocorrências e agora totaliza 3.384 pessoas que contraíram a doença.

Atualmente 28 pessoas estão  internadas com diagnóstico de confirmado e 61 que estão sendo acompanhadas em isolamento residencial. Já o total de pessoas que contraíram a Covid-19 e se recuperaram chega a 3.167.

Outro indicador refere-se a 273 casos de pacientes que estão sendo monitoradas em isolamento em casa, como suspeitas, enquanto que há 1.970 que tiveram resultado de exame laboratorial recuperado descartado, além de 2.025 casos descartados.

Na segunda-feira,5, não houve nenhum registro de morte por Covid. No entanto, há um caso sob investigação que está sendo analisado através de exame laboratorial. Coleta do material para análise foi realizada e encaminhado para Belo Horizonte. Além dos 128 casos confirmados, há também 55 óbitos descartados.

Os indicadores de internação hospitalar na Santa Casa de Misericórdia estão na casa dos 80%. A Enfermaria Covid têm 82,97% de ocupação com 39 dos 47 leitos disponíveis sendo utilizados. Os pacientes desta ala são 18 paraisenses e 21 de outras cidades.

Na UTI Covid, a utilização é de 80% com quatro dos 20 leitos disponíveis e 16 ocupados. Entre os pacientes seis são de Paraíso e 10 oriundos de municípios da região. Os números referem-se a pacientes em tratamento pelo SUS (Sistema Único de Saúde).