PRODUTOR RURAL

Emater e Prefeitura alinham ações para ajudar produtor rural

Por: Redação | Categoria: Agricultura | 04-08-2021 14:43 | 440
Foto: Reprodução

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural em São Sebastião do Paraíso (Emater) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário estão alinhando ações para buscar ajudar os produtores rurais que tiveram suas lavouras prejudicas pela geada dos últimos dias e que causou grande prejuízo à maioria deles.

Segundo o extensionista da Emater em Paraíso, João Bosco Minto, levantamentos iniciais apontam que, de 25 a 30% das lavouras cafeeiras da região foram afetadas pela geada. “Se consideramos a horticultura e fruticultura como um todo, os danos foram bem maiores. É justamente por isso que estamos pedindo que todos aqueles que foram afetados pela geada e sofreram perdas, que entrem em contato com a Emater e com a Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário”, destaca.

Segundo João Bosco, esse levantamento é necessário para que sejam avaliada as condições e o que pode ser feito para ajudar a essas pessoas. “A Emater já disponibilizou aos agricultores familiares um laudo de comprovação de perda. Com isso conseguimos alinhar algumas ações, entre elas o fornecimento de mudas, e, em alguns casos, a prorrogação do pagamento de dívidas junto aos bancos em até cinco anos, o que já é um amparo ao produtor”, acrescenta o exten-sionista.

Conforme o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário, Renan Jorge Preto, sua Pasta está aumentando a produção de muda de café pra doar para os produtores que perderam suas lavouras e precisam fazer o replantio. “Aumentaremos essa produção tendo em vista que, diante das perdas, terá o aumento também a demanda para replantio”, acrescenta.

Além disto, o secretário destaca que será intensificada a parceria que hoje existe com a Emater, no sentido de auxiliar o órgão na elaboração dos laudos de perda. “Quem tiver a necessidade deste laudo pode procurar tanto a Emater quanto a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário. Iremos colher as informações necessárias, e fazer as visitas em conjunto com a Emater para agilizar todo o processo, é uma situação de emergência e o produtor não pode esperar”, ressalta.

Renan acrescenta ainda que a secretaria mantém o programa de fomento à horticultura, que é desenvolvido no Parque da Serrinha. “Esse programa consiste em fomentar a horticultura, ou seja, o produtor fornece as sementes e nós entregamos as mudas desenvolvidas para o plantio. Esse programa independente de ter tido ou não a perda pela geada, e quem tiver interesse em participar do programa, pode nos procurar na Secretaria”, completa.
(Secom Pref. SSP)