ACELERANDO AS VENDAS

Seu negócio é lucrativo? (2ª Parte)

“Vender muito não é sinônimo de lucratividade” – Surama Jurdi
Por: James Warley | Categoria: Do leitor | 25-08-2021 09:13 | 259
Foto: Reprodução

Finalizamos a primeira parte deste assunto afirmando que com atitude para aprender, planejamento para direcionar e determinação para agir é possível superar as dificuldades financeiras.

Trata-se da gestão financeira, vital e indispensável, que consiste, dentre várias atividades cíclicas, em planejar e coordenar ações e processos para viabilidade econômica, gerenciamento de riscos e analisar resultados, sempre visando o crescimento da empresa pelo alcance de seus objetivos estratégicos.

PASSOS FUNDAMENTAIS
Na esteira do crescimento, o gestor deve acompanhar os números da empresa com frequência, avaliando a performance da receita, custos envolvidos, margem de contribuição e despesas. Para isso, seguem alguns passos fundamentais:

1º- Implemente o “Demonstrativo de Resultado do Exercício - DRE” em sua versão gerencial e com atualização mensal, para compreensão de toda operação financeira e identificação da lucratividade. Veja algumas dicas valiosas no artigo “O que é DRE e quais seus benefícios”, em nosso blog;

2º- Implemente, também, o “Fluxo de Caixa” para você analisar em quais períodos os compromissos financeiros da sua empresa exigirão mais “caixa”, evitando ser surpreendido;

Analisando as informações desses dois controles, corretamente atualizados, você terá insights importantes para tomar decisões importantes, conforme a sua realidade, como:

  1. Redução de despesas;
  2. Parcelamento dos débitos com fornecedores;
  3. Suspensão temporária do pagamento de empréstimos;
  4. Recuperação de tributos;
  5. Readequação organizacional;
  6. Ajuste de preços de produtos ou serviços;
  7. Aumento das vendas etc.;

3º- Defina metas para aumentar as vendas e lucro, reduzir os custos dentre outros indicadores;

4º- Elabore planos de ações para alcançar as metas, definindo o porquê e o que será feito, quem fará, quando, onde e tudo mais que facilitar a sua efetiva execução;

5º- Acompanhe os resultados e ajuste as ações sempre que necessário.

MENTALIDADE
Tenha em mente que a sua empresa foi idealizada para um propósito, além de gerar riquezas sem depender de empréstimos para manter a operação e que esses recursos financeiros externos podem ser úteis, tão somente, para estruturação de projetos de crescimento e geração de novas receitas. Portanto, quando o seu negócio não estiver gerando resultado satisfatório, busque a causa e promova a correção da sua direção, adequando seu orçamento à sua realidade.

Portanto, mãos à obra! Conte com os nossos especi-alistas. Acesse nosso blog em idecorp.com.br.

Até a próxima semana!

James Warley
consultoria@idecorp.com.br