FUNCAFÉ

Emidinho Madeira elogia liberação dos recursos

Por: Redação | Categoria: Agricultura | 09-09-2021 16:41 | 272
Deputado Federal Emidinho Madeira com a Ministra Tereza Cristina em cafezal atingido em Alfenas
Deputado Federal Emidinho Madeira com a Ministra Tereza Cristina em cafezal atingido em Alfenas Foto: Reprodução

O deputado federal Emidinho Madeira, presidente da Frente Parlamentar do Café, em Brasília, ressaltou a importância da liberação dos recursos para recuperação das lavouras afetadas pelas fortes geadas e parabenizou todos os que se uniram na defesa do setor.

No total, 34 bancos e cooperativas de crédito podem operar com as linhas do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) que já estão disponíveis.  A informação é do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Na última semana, a ministra Teresa Cristina assinou os primeiros 14 contratos com os agentes financeiros que irão aplicar os recursos do Funcafé. Então, a partir de agora, produtores, cooperativas, indústrias e exportadores já podem procurar os 34 bancos e cooperativas de crédito que têm autorização para operar com as linhas do fundo.

Foram reservados R$ 1,32 bilhão especificamente para apoio aos cafeicultores que sofreram perdas nas lavouras. O montante foi aprovado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), no dia 17 de agosto.

Emidinho tmou frente no encontro em Alfenas, ocorrido no dia 23 de julho, que contou com a presença da Ministra Tereza Cristina, da Agricultura. “Nós não tínhamos outro caminho a seguir a não ser mostrar a realidade e o impacto nos cafezais para a maior liderança do setor que é a Ministra Tereza Cristina. Prontamente ela atendeu nosso convite e pôde ver de perto cafezais queimados, afirmou.

“Agradecemos imensamente a união de todos os integrantes da Frente do Café nas pessoas do deputado Evair de Melo (vice-presidente da Frente), deputado Diego Andrade, líder da bancada mineira e membro da Frente, assim como os deputados federais Odair Cunha e Zé Vitor. Destacamos também o apoio importante do governo de Minas através da secretária de Estado de Agricultura, Ana Valentini, do presidente da Emater, Otávio Maia, do Breno Mesquita da FAEMG e de tantos outros cidadãos que defendem nossa cafeicultura e o setor rural. Nosso eterno reconhecimento à Ministra Tereza Cristina pela sensibilidade e rapidez na tomada de atitude. É importante agora que o dinheiro que estará nos bancos chegue para quem realmente precisa”, disse o deputado Emidinho Madeira.

De acordo com a Emater-MG, a área de café atingida pela geada chega a 19,1%, em relação à área total plantada com café com 9,5 mil cafeicultores atingidos.