CURTAS EDIÇÃO 2543

Curtas

Por: Fernando de Miranda Jorge | Categoria: Cidades | 15-09-2021 05:00 | 160
Foto: Reprodução

SESC protocolou
Documentação referente ao projeto a ser executado pelo SESC-MG em São Sebastião do Paraíso, onde funcionou por muitos anos a Praça de Esportes Castelo Branco, foi protocolada na Prefeitura sexta-feira passada (10/9). Na segunda-feira seguiu para a Secretaria de Obras, e ontem para as mãos do prefeito Marcelo Morais, que juntamente com equipe técnica irá fazer a análise. Chegou a tempo e a hora. Parece ter valido o posicionamento firme adotado por vereadores e pelo próprio prefeito em relação ao SESC-MG nos últimos dias.

Caos
Conforme relatos de moradores nas redes sociais, ainda existem casas em São Sebastião do Paraíso que após cinco dias após a interrupção no fornecimento de água e mesmo depois do anunciado restabelecimento do serviço, continuavam sem água. O caos foi instalado depois da tal chuva negra registrada no município e que provocou danos na rede elétrica que abastece as bombas na captação do rio Santana. Reparos foram feitos até a manhã de sábado, mas mesmo assim o sistema de abastecimento por algum motivo não funciona na sua plenitude a ponto de residências ainda estarem com as torneiras secas e o pior a população penando sem ter se quer água para beber.

Não desperdiçar
A Copasa em e-mail enviado ao Jornal do Sudoeste na manhã desta terça-feira (14/9) informou que, “em função da falta de energia elétrica, por parte da concessionária responsável, o abastecimento de alguns bairros da cidade de São Sebastião do Paraíso foi interrompido, emergencialmente, na noite de quinta-feira (09/09).  A previsão é que o abastecimento seja restabelecido, gradativamente, no final da noite de hoje (14/09)”. A mensagem listou o nome dos bairros afetados, e ao final recomendou “consumir sem desperdiçar é preservar o acesso à água para todos”.  

Cobranças
O deputado estadual Antônio Carlos Arantes, 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais disse que cobrou diretamente do presidente da Copasa, Ricardo Simões, uma posição diante da situação vivida no município nos últimos dias. Ontem, o também deputado Noraldino Junior disse estar acompanhando a “triste situação” relacionada à agua em Paraíso e afirmou que iria se reunir com diretores da Copasa em busca de solução.

Sem limites
O vereador Vinício Scarano, assim como os demais membros da Câmara Municipal de Paraíso fizeram pronunciamentos a respeito da atuação da Copasa no município. Segundo o vereador a empresa está passando dos limites e fazendo a população de boba, primeiro pelos valores cobrados pelos serviços prestados e agora pela ineficiência ante aos problemas registrados há uma semana e que deixou a cidade inteira desabastecida há dias.

Lucro
Ainda de acordo com Vinício o lucro da empresa no município nos últimos anos ultrapassa a casa dos R$ 30 milhões, dinheiro que seria suficiente para aquisição de caminhões pipas, ou mesmo para aquisição de gerador de energia o que evitaria uma situação crítica de tamanha proporção. Algumas ações estão sendo organizadas para que melhorias na prestação do serviço sejam efetivadas.

Lagoinha
Muita gente ficou chocada com as fortes imagens que circularam no final de semana referentes a mortandade de peixes ocorrida após a chuva negra da semana passada. A Prefeitura de Paraíso informa que nos últimos dias continuou com a realização de uma força tarefa de manutenção e limpeza da Lagoinha e arredores. Foi removida grande quantidade de materiais orgânicos acumulados naquele local. O prefeito Marcelo Morais anunciou que pretende antecipar a reforma completa no Parque da Lagoinha, situação que já pretendia promover e que agora ganhou caráter de urgência devido ao estado de calamidade observado o espaço, considerado cartão postal do município.

Peixes
Conforme informações técnicas do secretário responsável pela pasta do Meio Ambiente, Renan Jorge Preto, a mortandade dos peixes registrada na Lagoinha foi devido à baixa concentração de oxigênio na água. Os números apurados apontam que a concentração ideal é de no mínimo 4 mg/l para garantir a sobrevivência dessas espécies, no entanto, foi registrada, após análises, 0,7 mg/l. Inicialmente, a suspeita das mortes dos peixes era o nível de acidez, mas a análise da água apontou que o pH estava equilibrado, em torno de 7,7. Estão sendo realizadas a retirada dos peixes mortos e de garrafas que foram jogadas neste fim de semana na lagoa, bem como a poda de árvores e varrição de todo o entorno da Lagoinha.

Plantão Digital
O Sistema Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) está mobilizando o setor produtivo para expansão do programa Plantão Digital, que tem o intuito de ampliar o acesso da população às delegacias de polícia. Empresários de São Sebastião do Paraíso e outras cidades que desejarem participar e contribuir podem doar qualquer quantia por meio da conta: Banco 756 - Bancoob/Sicoob, agência 3330 - CREDIFIEMG, conta nº 14.462-2, CNPJ 17.212.069/0001-81, Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg). Nesse aspecto a contribuição estará sob a coordenação e controle da referida federação. É necessário identificar para qual cidade o empresário pretenda doar.

Lei Aldir Blanc
Integrantes da Gerência de Cultura e do Conselho Municipal de Políticas Culturais discutiram na tarde de segunda-feira, 13, sobre a utilização dos recursos remanescentes e que estão na conta da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso referentes à Lei Aldir Blanc. Há um saldo de R$ 290 mil que serão distribuídos em três editais para atender mestres de cultura, pessoas jurídicas (CNPJ) e físicas (CPF) nas mais diversas modalidades artísticas.

Até dezembro
Os preponentes terão até 31 de dezembro deste ano para executar os projetos e a prestação de contas deve ser feita até março de 2022. A proposta de alocação dos recursos será enviada à Câmara Municipal onde o assunto já foi debatido neste ano com o surgimento de algumas sugestões para a utilização do recurso. No entanto, aguarda-se que medidas práticas sejam adotadas.

Em baixa
O município paraisense continua baixando os números relacionados à covid-19. Primeiro foram os números de internações que em agosto apresentaram quedas significativas e vem mantendo estes índices baixos também em setembro. Na UTI Covid, da Santa Casa, no início da semana havia apenas dois pacientes no setor ambos de outras cidades, enquanto que na enfermaria eram 10 internados sendo duas pessoas de Paraíso.

Recuperados
Em relação aos novos casos, na segunda-feira,13, o boletim divulgado à noite apontava para a existência de 40 novas notificações e apenas sete novos casos confirmados. O total de recuperados desde o início da pandemia há cerca de um ano e sete meses é de 6.639 casos.