SEMPRE-SUDOESTE/MG @ IN–FORMAÇÃO

Marcado pela importância do serviço público, Congresso da Feserp Minas celebra 12 anos da entidade; confira o que aconteceu

Por: Redação | Categoria: Cidades | 19-11-2021 10:35 | 405
Foto: Divulgação

Uma história de luta e conquistas sindicais iniciada no dia 10 de novembro de 2009 completou 12 anos quarta-feira (10) e foi celebrado no Congresso Fausto da Silva Pereira realizado em Belo Horizonte. O Congresso da Feserp Minas levou esse nome em lembrança ao notório sindicalista Fausto da Silva Pereira, que, infelizmente, faleceu na última semana. Nesta edição, o evento foi pautado pela “Precarização do trabalho e a importância do serviço público no Brasil”, contou com importantes intervenções de pessoas reconhecidas nos campos sindicais, jurídicos e políticos. Além dessas atividades, a prestação de contas do exercício em 2020 foi aprovada e a reeleição de Cosme Nogueira na presidência da federação foi aprovada para os próximos quatro anos.

Foram dois dias de absoluta imersão sindical. Desde entendimento da conjuntura da política brasileiro e como isso afeta o mundo sindical até aos aspectos jurídicos e financeiros que influenciam nas entidades sindicais, sobretudo aquelas que representam os servidores públicos.

Terça-feira
No primeiro dia do Congresso, o credenciamento dos delegados foi disponibilizado a partir das 14h. Mais tarde, às 18h, foi realizada a abertura do evento. Às 18h30 foi feita uma “Análise da Conjuntura política atual do país” pelo Professor Roberto Cupolillo, o Betão (PT), Deputado Estadual de Minas Gerais e o Professor Rudá Ricci. Ambos foram assertivos durante a explanação que esclareceu o momento de absoluto ataque por parte do governo às instituições, à população e ao serviço público.

Quarta-feira
Para fechar o Congresso, o segundo dia foi bastante movimentado. O evento seguiu com a mesa de debate que analisou a “Conjuntura Jurídica dos Tribunais Superiores com Decisões que afetam os Servidores Públicos”, protagonizada pelo Dr. Lúcio de Medeiros, advogado e Presidente da Comissão de Apoio aos Movimentos Sociais da OAB/MG e pelo Dr. Eldbrendo Pereira Monteiro, Assessor Jurídico da Feserp Minas. Na oportunidade, o destaque ficou para a importante contribuição da fala do Dr. Lúcio de Medeiros, que conseguiu explicar de maneira simples a influência das decisões jurídicas na vida dos servidores.

Alinhado com as necessidades financeiras das entidades sindicais, quem compôs a mesa para contribuir com bastante experiência sobre a “Política de auto sustentabilidade financeira das entidades sindicais”, foi o  Dr. André Rodrigues, advogado e Diretor da Sindicatos Online (SON) e o Dr. Eldbrendo Pereira Monteiro. Já há algum tempo os Sindicatos, Federações, Confederações e Centrais têm que lidar de alguma forma com as dificuldades financeiras, nesse sentido, André e Eldbrendo deram meios práticos para melhor gestão monetária.

Processo eleitoral e prestação de contas
Também na quarta-feira (10), à tarde, foi confirmada a reeleição de Cosme Nogueira como presidente da federação. Pela lisura do processo, quem comandou a comissão eleitoral foram sindicalistas de outras entidades, desvinculadas da Fesero, foram eles: Hely Aires, presidente da Feserv/MG – Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais de Minas Gerais – entidade coirmã da Feserp Minas; Maria Abadia de Souza, representante do Sisipsemg – Sindicato dos Servidores do Ipsemg; e Antonieta (Tieta) de Cassia Dorledo de Faria,  Secretaria Nacional das Mulheres da CSB – Central Dos Sindicatos Brasileiros.

A prestação de contas da Feserp Minas referente ao ano de 2020, ainda pela diretoria que estava em vigência, foi aprovada.