BR-265

Radar será instalado no acesso para o Distrito da Guardinha

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Transporte | 18-03-2022 11:04 | 1823
Equipamento está em fase de montagem na BR-265 em mais uma forma de tentar evitar acidentes
Equipamento está em fase de montagem na BR-265 em mais uma forma de tentar evitar acidentes Foto: Vasco Caetano

O DEER/MG (Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais) já iniciou os preparativos para a implantação de mais um radar fixo de controle de velocidade em São Sebastião do Paraíso. Desta vez o dispositivo está sendo instalado no km 650 da BR-265, no acesso ao Distrito da Guardinha. “Trata-se de um trecho muito perigoso já aconteceram acidentes ali e pedi que fossem tomadas providências”, comentou o vereador Luiz Benedito de Paula que fez outras reivindicações para obras nas rodovias que cortam o perímetro urbano da cidade.

O equipamento está em fase de instalação e deverá entrar em funcionamento em caráter educativo nos próximos dias. É o terceiro radar instalado na rodovia que dá acesso ao estado de São Paulo e que visa reduzir a ocorrência de acidentes no trecho. “Inicialmente em 2019, eu já havia pedido a colocação deste radar, mas fizeram a colocação do aparelho na entrada para a Fazenda dos Marques”, comentou o vereador.

Luiz de Paula encaminhou novo ofício para o DEER pedindo a colocação do radar para o trecho que dá acesso para a estrada do Distrito da Guardinha. “Ali é muito perigoso para entrada e saída de veículos é preciso muita atenção”, observa Luiz. Ele recorda que já foram registrados no local vários acidentes, inclusive com vítima fatal. “Tivemos ali a perda de uma criança, outras pessoas já se feriram e não queremos mais este tipo de situação”, destaca.

A instalação do equipamento no km 650 da BR-265 teve início há cerca de três semanas. Os últimos preparativos estão sendo acertados para que o radar possa entrar em funcionamento. Além das placas de sinalização sobre o dispositivo, inicialmente ele funcionará em caráter educativo e posteriormente deverão ser aplicadas multas para quem exceder o limite de velocidade no trecho que é de 60 km/h.

O controle eletrônico de velocidade, por meio da operação de radares fixos, tem sido adotado em vários locais, principalmente nas rodovias sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG). Os condutores devem respeitar a velocidade máxima permitida, estabelecida em 60 km/h para os três novos radares. Em caso de descumprimento deste limite, os veículos estarão sujeitos à autuação. Independentemente da presença dos radares, o DEER/MG lembra que a segurança nos deslocamentos rodoviários pode ser alcançada com o respeito aos limites de velocidade, à sinalização e às leis de trânsito.

Em setembro do ano passado o diretor-geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER-MG), Robson Santana, entregou ordem de início para novos contratos de radares que serão instalados nas rodovias estaduais sob a responsabilidade do Estado. Com a conclusão da concorrência pública que teve como objetivo a instalação, operação e manutenção dos equipamentos novos e já existentes, o Departamento poderá ampliar o número de locais fiscalizados, passando dos atuais 467 para 1.065 pontos. Neste primeiro momento, os trabalhos estão voltados para a continuidade do monitoramento dos locais onde já havia equipamentos e para a atualização e implementação de tecnologias previstas nos novos contratos.

Posteriormente o DEER-MG solicitou à empresa contratada a realização dos levantamentos necessários para instalação dos radares nos novos locais. Tão logo seja garantida a continuidade das ações, o Departamento passará a expandir os pontos, sendo que a entrada em operação dos novos radares só acontecerá como de costume, após ampla divulgação dos locais, em modo educativo dias antes do início definitivo.

“Com a ampliação dos contratos de fiscalização eletrônica de velocidade, além de inibirmos o desrespeito à lei em um número maior de rodovias, estamos contribuindo para o aumento da segurança viária nos trechos sob a responsabilidade do Estado. Os investimentos são de R$ 104 milhões para os primeiros 30 meses de contrato, que podem ser prorrogados por igual período”, completou o diretor-geral.

REIVINDICAÇÕES
O vereador Luiz de Paula também já havia se manifestado na sessão ordinária de segunda-feira, 14, sobre a situação da mesma BR-265 e da MGC-491 na região do bairro Muschioni e adjacências. “Fiz a solicitação para que fosse feita uma calçada e também implantação de iluminação na região do trevo do Atacado ABC”, comenta.

Ele justifica que a região está muito perigosa com o aumento do trânsito de veículos e também de pedestres.  “É uma questão de segurança, de preservar vidas, antes que alguma situação mais desagradável aconteça”, ressalta. Luiz de Paula e o também vereador Pedro Sérgio Delfante encaminharam ofícios para a AB Nascentes das Gerais e a Secretaria Estadual de Infra-estrutura, a Seinfra.

“A concessionária disse que a realização destas obras não é de sua responsabilidade e que as mesmas não estão no cronograma”, relata. Luiz diz que aguarda um posicionamento da Seinfra que também foi notificada da mesma situação e das providências a serem tomadas.