INTERLAGOS

Vettel vence, Hamilton dá show, e Massa se despede da torcida

Mais uma vez Interlagos foi palco de uma grande corrida, com ótimo público, e uma segunda, e definitiva, despedida de Felipe Massa
Por: Sérgio Magalhães | Categoria: Esporte | 12-11-2017 19:11 | 4190
Felipe Massa se despede, agora em definitivo, de seu público na Fórmula 1
Felipe Massa se despede, agora em definitivo, de seu público na Fórmula 1 Foto de Getty Images

Sergio Magalhães, de Interlagos, São Paulo 



 



Sebastian Vettel venceu o GP do Brasil e se afastou o perigo de perder o vice-campeonato para Valtteri Bottas que largou da pole position, perdeu a posição para o alemão da Ferrari na largada e terminou em 2º, com Kimi Raikonen completando o pódio, em 3º. Mas quem deu show em Interlagos foi Lewis Hamilton.
Ele ficou bastante abalado com o assalto que os integrantes da Mercedes sofreram na noite de sexta-feira quando deixavam o autódromo de Interlagos. Nas redes sociais fez apelo por mais segurança no Brasil, pediu para que rezassem por seus companheiros que estavam assustados. No paddock sempre entra e sai às pressas com o capuz do agasalho sobre a cabeça. Mas também pediu para ser adotado pelos brasileiros que no ano que vem não terá mais pilotos na Fórmula 1 com a aposentadoria de Felipe Massa. E quando entra no carro, Hamilton se transforma. Mostra que não é por acaso que conquistou quatro títulos mundiais. O que ele fez hoje foi de encher os olhos de quem curte a bela arte de pilotar, ainda que tenha terminado apenas em 4º logo atrás de Raikkonen, brigando pelo pódio, depois de ter largado dos boxes em consequência da batida no treino de sábado.
Na 10ª volta Hamilton já era o 9º colocado, e quando a turma da frente que largou com os pneus supermacios, fez a parada para trocá-los pelos macios, Hamilton numa estratégia diferente com os compostos macios, mais resistentes e ao mesmo tempo menos aderentes que os supermacios, assumiu a liderança da prova na 30ª volta de um total de 71.
Hamilton parou na 44ª volta, substituiu os pneus pelos supermacios – todos são obrigados a usar dois dos três tipos de compostos de pneus em cada corrida –, caiu para 5º e continuou voando na pista. Não demorou para chegar e ultrapassar Max Verstappen, por fora, no final da reta oposta na 59ª volta para assumir a 4ª posição.
A próxima vítima seria Kimi Raikkonen, mas aí o canadense Lance Stroll, da Williams, retardatário, se encarregou de atrapalhar o piloto da Mercedes fazendo-o perder tempo. “Pergunte ao Stroll se ele é cego”, bradou Hamilton pelo rádio. Daí em diante Hamilton bem que tentou, mas não houve tempo para ultrapassar Raikkonen, terminando em 4º.
Felipe Massa se despediu de seu público com a 7ª posição que para ele, Massa, foi como uma vitória. Em entrevista acompanhada pela reportagem do Jornal do Sudoeste, Massa disse: “Valeu como uma vitória diante da torcida com um carro que não dava para tirar mais nada”.
Foi emocionante a despedida de Felipe aqui, em Interlagos, não tanto como no ano passado (Massa havia anunciado a aposentadoria, mas voltou atrás a pedido da Williams), mas que lhe arrancou lágrimas com a mensagem via rádio do filho “Felipinho” dizendo: “Te amo, pai, onde quer que você vá, vou te acompanhar”!
Após a cerimônia do pódio, o repórter da TV inglesa que intermediou a entrevista com os três primeiros colocados, chamou Rubens Barrichello e Massa para delírio do público nas arquibancadas. Barrichello entrevistou Felipe que novamente agradeceu o carinho e apoio da torcida nesses quinze anos em que esteve na Fórmula 1, e que vai sentir muita falta de tudo isso.
É bom ressaltar que partiu do próprio Massa a decisão de se aposentar depois que a Williams mudou de postura e passou a procurar outros pilotos para o ano que vem. Não que a equipe já tivesse decretado a saída do piloto, mas tudo caminhava para que seu contrato não fosse renovado. O provável companheiro de Lance Stroll no ano que vem deverá ser o polonês Robert Kubica que em 2011 teve que se afastar da Fórmula 1 por causa de um grave acidente numa prova de rali que lhe deixou sérias sequelas no braço direito e agora tenta reconstruir a carreira.
A Fórmula 1agora vai para Abu Dhabi, dia 26, quando termina a temporada e Massa, então, disputará sua última corrida na categoria.



Resultado final do GP do Brasil:
1 Sebastian Vettel (Ferrari) 1h31min26s262
2 Valtteri Bottas (Mercedes) +2s762
3 Kimi Raikkonen (Ferrari) +4s600
4 Lewis Hamilton (Mercedes) +5s468
5 Max Verstappen (Red Bull) +32s940
6 Daniel Ricciardo (Red Bull) +48s691
7 Felipe Massa (Williams) +68s882
8 Fernando Alonso (McLaren) +69s363
9 Sergio Pérez (Force India) +69.500
10 Nico Hulkenberg (Renault) a 1 volta