FÓRUM EDUCAÇÃO

Paraíso fará nesta segunda-feira etapa do Fórum Permanente de Educação de Minas

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Educação | 13-11-2017 09:11 | 1447
Fórum Permanente de Educação vem sendo realizado em várias cidades do interior do Estado
Fórum Permanente de Educação vem sendo realizado em várias cidades do interior do Estado Foto de Divulgação

Com o objetivo de apresentar propostas relativas à implementação do Sistema Integrado de Educação Pública de Minas Gerais, será realizado na segunda-feira,13, a Conferência Municipal de Educação. O evento promovido pela Secretaria Municipal de Educação, da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, acontecerá a partir das 8 horas no anfiteatro do CEDUC. De acordo com o Fórum, a Conferência de Educação de Minas Gerais possui caráter mobilizador e deliberativo e vai apresentar um conjunto de propostas relativas à implementação do Sistema Integrado de Educação Pública de Minas Gerais (SIEP/MG), ao monitoramento e à avaliação do Plano Nacional de Educação (PNE).
Etapa preparatória da Conferência Nacional de Educação (CONAE 2018) e da Conferência Nacional Popular de Educação (CONAPE), a Conferência de Educação de Minas Gerais vai acontecer entre os dias 22 e 25 de março do ano que vem e será precedida de etapas municipais e territoriais que deverão acontecer até o final de 2017. As etapas municipais estão previstas para acontecer até 15 de novembro, e as territoriais, entre 16 de outubro e 15 de dezembro. A Conferência vai propor ainda melhorias às políticas nacional, estadual e municipais de Educação e a pactuação de responsabilidades entre os entes federativos com vistas à garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica.
O Fórum Estadual Permanente de Educação de Minas Gerais e a Secretaria Municipal de Educação de São Sebastião do Paraíso convidam a população em geral a participar da Conferência Municipal. “Gostaria de convidar toda a sociedade paraisense, educadores, profissionais da educação, pais e alunos para a terceira Conferência Municipal de Educação. A presença de todos é muito importante, pois, analisaremos várias propostas para a melhoria da Educação”, disse a secretária municipal Maria Ermínia de Oliveira Campos. Também deverá ser debatido sobre os oito eixos que estarão no documento da Conferência Nacional quanto da Conferência Nacional Popular de Educação.
A secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, informa que o Sistema Integrado de Educação encontra-se em fase de construção. “Estamos construindo o Sistema de Educação em um momento de muita instabilidade política, mas agir na incerteza faz parte do cotidiano do educador. Para agir neste momento, é preciso ter coragem e reafirmar o princípio de garantia do direito à educação para todos. O Estado não se constitui historicamente para isso; o direito à educação é conquistado com base em muitas lutas”, anuncia. 
Além da construção do Sistema Integrado de Educação Pública de Minas Gerais (SIEP/MG), a Conferência de Educação pretende mobilizar a sociedade mineira para intensificar o monitoramento do Plano Nacional de Educação (PNE), propondo melhorias às políticas nacional, estadual e municipais. O PNE foi aprovado em 2014 e traz 20 metas para a Educação em todo país a serem cumpridas até 2024. Segundo gestores e movimentos organizados da área da Educação, as metas do Plano poderão não ser cumpridas por conta das medidas de redução de investimentos promovidas pelo Governo Federal, em especial a Emenda Constitucional 95. Promulgada em dezembro do ano passado, a EC 95 congela por 20 anos os investimentos da União em educação, saúde e outras áreas sociais.
O Fórum Estadual Permanente de Educação do Estado de Minas Gerais é composto por representantes de instituições federais de ensino superior do estado, de universidades estaduais, da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, do Ministério da Educação, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, do Fórum de Pró-Reitores de Graduação das Instituições Públicas de Ensino Superior, de Núcleos de Ensino a distância/Centros de Educação à distância das públicas mineiras, da União Nacional de Conselhos Municipais de Educação, e da Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação.