POLE POSITION

Valendo o título da Stock Car

Por: Sérgio Magalhães | Categoria: Esporte | 09-12-2017 07:00 | 3704
Thiago Camilo observa entrevista de Daniel Serra. Os dois decidem o título da Stock Car neste final de semana, em Interlagos
Thiago Camilo observa entrevista de Daniel Serra. Os dois decidem o título da Stock Car neste final de semana, em Interlagos Foto de Sergio Magalhães

Se tem algo que me desagrada na Stock Car é o formato das duas principais provas do calendário, a Corrida do Milhão, disputada em julho, e a que encerra a temporada 2017 amanhã, em Interlagos. Para atender as exigências da grade de programação da Globo, as duas únicas que a emissora mostra ao vivo e nem sempre no melhor estilo, acabam sendo prejudicadas com o que chamo de “tiro curto” de 40 minutos mais uma volta. 
É muito pouco tempo pela importância das duas corridas, principalmente pelo fato de 20 das 22 provas que compõem o campeonato serem disputadas no formato de rodada dupla e, aí sim, todas transmitidas ao vivo e no melhor estilo pelo canal SporTV.
Fora isso, a Stock Car é show, e amanhã conhecerá um novo campeão: Daniel Serra ou Thiago Camilo, os únicos que chegam à última etapa do ano na briga pelo título. Em comum entre eles o fato de serem filhos de ex-pilotos da categoria e nunca terem vencido um campeonato, embora Camilo já tenha batido algumas vezes na trave. 
Serra corre pela Eurofarma RC, tem no currículo 8 pole positions e 15 vitórias. Nesta temporada ganhou quatro vezes e fez quatro poles. É o líder do campeonato com 325 pontos, 15 a mais que o rival Thiago Camilo (310 pontos), piloto da Ipiranga Racing, que trás no currículo 14 poles e 23 vitórias, sendo duas poles e duas vitórias nesta temporada.
A diferença de pontos entre eles pode até parecer muito, mas fica quase insignificante já que a pontuação amanhã será dobrada, com o vencedor levando 60 pontos, o 2º 52, o 3º 46 e assim até o 20º colocado que soma 2 pontos. E para simplificar a matemática do título, Serra precisa terminar em 4º lugar em caso de vitória de Thiago.
Serra vive uma grande fase da carreira, além de vencer a Corrida do Milhão e liderar a maior parte do campeonato da Stock Car, ainda conseguiu um feito histórico este ano ao vencer as 24 Horas de Le Mans, uma das provas mais importantes do automobilismo mundial, na classe GTE Pro, com um Aston Martin Vantage.
Independente de conquistar ou não título amanhã, o trabalho que esse paulista de 33 anos vem realizando este ano o coloca seguramente no top 10 dos melhores pilotos de carros de turismo de 2017.
Já Camilo teve uma temporada de altos e baixos, mas sem jamais sair da cola de Serra, e qualquer que seja o resultado de Interlagos, o título estará em boas mãos.
Saindo da decisão, a Stock Car não poderia receber melhor notícia do que o anúncio de Felipe Massa que formará parceria com Cacá Bueno na Corrida de Duplas, prova de abrirá a próxima temporada, marcada para o dia 10 de março. Ainda que o compromisso de Massa seja apenas para esta corrida, sua volta às pistas depois da aposentadoria da Fórmula 1 acaba sendo mais rápida que o esperado. E isso sem contar que até o fechamento desta coluna havia a expectativa de que Nelsinho Piquet possa correr a temporada 2018 completa.
A Stock Car vive um grande momento e diferente dos problemas que outras categorias importantes do automobilismo mundial enfrentam com a crise econômica, ela consegue manter um grid de 30 carros com qualidade e o mais alto nível técnico entre pilotos. A receita do sucesso é resultado de um trabalho sério e bem elaborado que há anos vem sendo desenvolvido pelos administradores da categoria que não só é a principal do automobilismo brasileiro, como seguramente está entre as melhores do mundo na modalidade de carros de turismo.