APC

Revivendo emoções

Por: Dr. Olavo Borges | Categoria: Entretenimento | 29-12-2017 14:12 | 8357
Foto de Reprodução

No apagar das luzes de mais um ano que se
vai, lá na curva do caminho, longe, bem longe, o
passado nos acena um adeus. Um adeus de despedida
que nos abraça tão forte, como de quem
não voltará mais… nunca mais…
e, começamos a limpar as gavetas, relicário
vivo de tantas emoções vividas!
Aqui, uma carta amarelada pelo tempo, com
as declarações inflamadas de amor, ali, uma pétala
ressequida, marcando a foto esmaecida com
dedicatórias de paixão.
E, no silêncio dessa noite, quando os festejos
natalinos vão perdendo brilho e cor, vamos limpando
as gavetas de nossas reminiscências naturais,
levantando em nós, um bando
de recordações saudosas…
Lendo e relendo as velhas frases de amor,
vamos acariciando com amorável ternura, páginas e
fotos, porque representam pedaços
coloridos de saudades.
Saudades dos tempos que não voltam mais…
Nunca mais, e somente as lembranças, pálidas de
Ontem, voam e revoam no recôndito
profundo de nossas almas.
Nesse Natal, choveu tanto lá fora, molhando a
face da terra, mas ao limpar essas gavetas, eu sinto que chove frio mais ainda no meu coração!…
Ano velho, adeus…