AGRONEGÓCIOS

Safra de Café Arábica se inicia na região

Por: Redação | Categoria: Agricultura | 14-05-2018 22:05 | 5234
A safra 2018 de arábica deverá ser alta, comparado coma a de 2017
A safra 2018 de arábica deverá ser alta, comparado coma a de 2017 Foto de Reprodução

Produtores de arábica, variedade que responde pela maior parte da safra de café do Brasil, também aproveitaram das recentes chuvas para intensificar os tratos às lavouras alguns meses antes do início da colheita, a fim de maximizar a produtividade.
Chuvas favoráveis distribuídas nas principais regiões produtoras de arábica de São Paulo e Minas Gerais no fim de fevereiro e início de março garantiram umidade suficiente para produtores adicionarem fertilizantes para impulsionar o crescimento dos frutos, disse o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) em nota semanal.
A safra 2018 de arábica deverá ser alta, comparado coma a de 2017 devido ao ano de baixa no ciclo bienal de produção dessa variedade.
Começou a colheita do café no Sul de Minas. Os cafeicultores e safristas já trabalham nas lavouras de olho na produtividade e também na qualidade dos grãos colhidos.
Em 2017, as lavouras da região produziram 13,68 milhões de sacas. Mas neste ano, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Sul de Minas, conhecido por ter a maior produção cafeeira do país, deve chegar a 16,4 milhões de sacas.
Um crescimento da safra também a um maior investimento na economia da região.
Os estoques no destino, do pico da entressafra brasileira, caíram 97,567 sacas no Japão em março, para 2.87 milhões de sacas e na Europa subiram 158,150 sacas, totalizando 10.85 milhões de sacas.
As exportações de Vietnã em abril, 2,698,333 sacas, foram bem acima das 1,95 milhões do Brasil (divulgadas pela SECEX), assim como das 929 mil sacas embarcadas pela Colômbia e ainda mais as 69 mil sacas de Indonésia – o último exportando 70% a menos do que no mesmo mês de 2017.
por Gilson A. de Souza