CONTRATO

Morandini assina contrato de migração da Rádio Ouro Verde do AM para FM

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Tecnologia | 26-03-2017 08:03 | 1125
Até sexta-feira 34 emissoras assinarão convênio  para migração do AM para o FM em Minas Gerais
Até sexta-feira 34 emissoras assinarão convênio para migração do AM para o FM em Minas Gerais Foto de Reprodução

Dirigentes de 47 emissoras mineiras participaram na manhã de sexta-feira, 24, da solenidade de assinatura de contrato para a migração do AM para o FM. Alessandro Morandini, diretor e proprietário da Rádio Ouro Verde AM, de São Sebastião do Paraíso participou do evento que foi organizado pela Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT) e o Ministério da Ciência Tecnologia Inovações e Comunicações (MCTI). “É um marco muito importante, depois de muita luta e esforços que fizemos para atendermos todas as exigências”, comenta. Ele disse que já vem trabalhando há algum tempo para dar continuidade ao projeto da emissora que terá novos equipamentos, programação e comunicadores ainda neste ano.
Durante a abertura da cerimônia o ministro do MCTI, Gilberto Kassab disse que um momento como este é muito marcante. É quando temos plena convicção de que as coisas estão melhorando. “Vemos a transição para dias melhores. Nós conseguimos avançar. Imagine as milhares de pessoas que serão beneficiadas em um ato como este. Outras medidas também serão tomadas como a sanção da MP 747. A palavra de ordem é a eficiência”, concluiu.
“É com enorme alegria que recebo para esta solenidade de migração das rádios AM/FM. Minas é o estado que mais possui emissoras de rádio do Brasil e a Amirt possui o maior número de emissoras associadas. Quando se concretiza um fato como o de hoje colocamos as emissoras em igualdade. O rádio nunca morrerá, ele se adapta as novas tecnologias. Com a migração nós estamos vivenciando mais uma evolução do rádio,” disse o presidente da AMIRT, Mayrinck Júnior. 
O presidente da ABERT, Paulo Tonet, parabenizou os responsáveis pelo evento. “Quero me congratular pelo esforço que o MCTI está tendo com a migração do rádio brasileiro e a MP 747 que deverá ser sancionada na próxima terça. A radiodifusão entra em uma nova era. Isso é um avanço para a tradição do rádio para todos nós”, disse.
O diretor da Rádio Ouro Verde AM, Alessandro Morandini esteve em Belo Horizonte onde participou do evento de assinatura de convênio.  “Foi um trabalho intenso e de muito esforço e estamos saindo na frente em Paraíso”, garantiu. Na região participaram da solenidade dirigentes e representantes da Rádio Cultura AM, de Cássia, a Rádio Passos AM e Minas Liberdade, de Passos que também farão a migração do AM para o FM.  
Nova Ouro Verde FM transmitirá em 101,9 Mhz
Até outubro deste ano é possível que a Rádio Ouro Verde já esteja funcionando em sua nova faixa de transmissão em Frequência Modulada de 101,9 Mhz. “A partir da assinatura da outorga teremos 180 dias para fazer a migração e já estamos trabalhando para que isso aconteça, se possível o quanto antes”, comenta o diretor da emissora Alessandro Morandini. Ele disse que serão realizadas mudanças profundas na rádio. “Teremos de trocar tudo desde a torre, antenas de transmissão, link e estúdio”, acrescenta.
Uma das principais mudanças neste processo de migração é que a emissora irá transmitir um som de melhor qualidade, através do FM. “A expectativa é a melhor, possível, vamos passar do sistema mono para o estéreo e iniciaremos com 5 mil watts de potência”, detalha. A emissora ganhou do Ministério das Comunicações a classificação Classe A4. “Acredito que vamos conseguir chegar mais longe porque Paraíso possui uma boa localização”, opina. Ele também já entrou com pedido para obter uma nova coordenada para instalação da torre de transmissão, que diferente de onde o Ministério das Comunicações havia proposto, na Serra da Pedreira, será em outro local.
Por um determinado período a emissora poderá transmitir em AM e FM. “Faremos uma nova programação com nova linguagem, comunicadores, parceiros e programas em projetos que já estamos pensando e trabalhando desde lá de trás quando iniciamos o processo de migração”, acrescenta Morandini. Confira no box abaixo a relação das emissoras que assinaram ontem o contrato de migração do AM para o FM em Minas Gerais.



 



LISTA DAS RÁDIOS QUE ASSINARAM O TERMO DE MIGRAÇÃO



 



Rede Vitoriosa – Araguari



 



Rádio Globo – Barbacena



 



Rádio Serra – Boa Esperança



 



Rádio Clube – Bocaiúva



 



Rádio Buritis – Buritis



 



Rádio Clube – Campo Belo



 



Rádio Cultura – Cássia



 



Rádio Congonhas – Congonhas



 



Rádio Cidade – Corinto



 



Rádio Candidés – Divinópolis



 



Rádio Fronteira – Fronteira



 



Rádio Globo – Governador Valadares



 



Rádio Cidade – Guanhães



 



Rádio Itabira – Itabira



 



Rádio Club – Itaúna



 



Rádio Jacutinga – Jacutinga



 



Rádio Tropical – Lagoa da Prata



 



Rádio Tropical – João Pinheiro



 



Rádio Central – Monte Alegre Minas



 



Rádio Muriaé – Muriaé



 



Rádio Sociedade – Oliveira



 



Rádio Itatiaia – Ouro Preto



 



Rádio Santa Cruz – Pará de Minas



 



Rádio Mineira do Sul – Passa Quatro



 



Rádio Independência – Passos



 



Rádio Sociedade – Passos



 



Rádio Patos – Patos de Minas



 



Rádio Clube de Patos – Patos Minas



 



Rádio Capital Triângulo – Patrocínio



 



Rádio Difusora – Piranga



 



Sistema Cariris – Pirapora



 



Rádio Cultura – Poços de Caldas



 



Rádio Difusora – Poços de Caldas



 



Rádio P. Maximus – Rio Paranaíba



 



Rádio Sacramento – Sacramento



 



Rádio Ouro Verde – São Seb. Paraíso



 



Rádio D2 – Santa Rita do Sapucaí



 



Rádio Teófilo Otoni – Teófilo Otoni



 



Rádio Itatiaia – Timóteo



 



Rádio Tropical – Três Corações



 



Rádio Ubaense – Ubá



 



Rádio Difusora – Uberaba



 



Rádio Uberlândia – Uberlândia



 



Rádio Montanhesa – Vazante



 



Rádio Líder – Viçosa