PRESO

Ladrão que simulava pedir informações para roubar mulheres em Paraíso, é preso em Casa Branca

Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 19-06-2018 16:06 | 15813
O homem teria tentado fugir, mas durante a fuga capotou o veículo, uma Montana
O homem teria tentado fugir, mas durante a fuga capotou o veículo, uma Montana Foto de Reprodução

Após a Polícia Civil, em investigações conduzidas pelo delegado Tiago Bordini, identificar e solicitar mandado de busca e apreensão de suspeito que estaria cometendo diversos golpes na região ao simular pedir informações para furtar mulheres, o autor, Carlos Eduardo Garcia, 39 anos, foi preso pela Polícia Militar de Casa Branca. Ao tentar aplicar o mesmo golpe na cidade paulista, ele foi  pego em flagrante. 
O homem teria tentado fugir, mas durante a fuga capotou o veículo, uma Montana, com placa de Itaú de Minas. Ele estava acompanhado de uma mulher, Nayara Maria Souza Lima, de 30, que também foi presa e ambos encaminhados para o presídio local.
De acordo com o delegado Tiago Bordini, que apurava os casos registrados em São Sebastião do Paraíso, o suspeito foi identificado após a Polícia Civil conseguir identificar o local onde  teria comprado o veículo, em um estacionamento do município, tendo conseguido no local o nome e endereço do indivíduo. “Ele já havia sido preso aqui em Paraíso por praticar o mesmo crime e da mesma maneira de agir, simulando pedir informações para levar a bolsa das vítimas. Ele havia deixado o presídio há poucos dias e estava hospedado em um hotel de Paraíso, mas não aparecia lá desde a última sexta, quando tomamos conhecimento de que ele havia sido preso em Casa Branca”, conta o delegado.
Desde a última semana, diversos relatos de mulheres davam conta de um homem conduzindo uma caminhonete Chevrolet Montana, parava  para pedir informações e no momento que iria atender a solicitação, o suspeito puxava suas bolsas e saia em alta velocidade pela rua. Foram pelo menos quatro casos entre quinta e sexta-feira a noite. O primeiro caso, na noite de quinta-feira, (14/6), envolveu uma mulher de  59 anos que deixava seu estabelecimento comercial no Centro, quando o homem cometeu o crime. Na mesma manhã, ele teria cometido o crime contra outra senhora, de 68 anos, na vila Santa Maria, quando ela deixava uma padaria.
Na sexta-feira (15/6), pelo menos outras duas ocorrências foram registradas, uma seguida da outra. A primeira ocorrência foi na rua dos Antunes, quando uma mulher, de 38 anos, deixou o consultório médico e aguardava o namorado buscá-la, o homem a abordou no veículo, puxando sua bolsa e fugindo. Poucos minutos depois a vítima foi uma idosa, rua na Soares Neto, no centro. O ladrão agarrou a bolsa da vítima, que teria tentado se desvencilhar do criminoso, momento que ele puxou uma faca cortando a alça da bolsa e fugindo em seguida.
Na segunda-feira (18), o delegado Tiago Bordini informou que havia identificado o suspeito, mas que aguardava a justiça emitir mandado de busca e apreensão do autor, que até aquele momento não havia sido localizado. Porém, ainda na segunda-feira, Carlos Eduardo Garcia, voltou a agir em Casa Branca, onde teria feito três vítimas: uma adolescente de 14 anos, e duas mulheres, de 55 e 62 anos. 
No momento em que fazia sua última vítima, o suspeito foi pego em flagrante pela Polícia Militar de Casa Branca, e ao tentar fugir capotou o veículo na rodovia, tendo sido preso na companhia de uma mulher.
Segundo informações  antes de ser preso em Casa Branca, ele havia praticado quatro roubos em Mococa, dois em São José do Rio Pardo e outros dois em Guaxupé.