VEÍCULOS ESPALHADAS

Carcaças de veículos continuam espalhadas por vias públicas de Paraíso

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Cidades | 21-04-2017 22:04 | 556
Carcaças de carros velhos abandonados na Rua Ângelo Montovani no bairro Santa Tereza
Carcaças de carros velhos abandonados na Rua Ângelo Montovani no bairro Santa Tereza Foto de Sebastião Tadeu Ribeiro

O povo reclama e solicita ao Jornal do Sudoeste que é porta voz de clamores populares, mas quando tem fundamento e procedência. Várias pessoas têm procurado o “JS” para dizer que uma cidade onde não teve carnaval neste ano sob alegação e alerta da Secretaria municipal de Saúde que no perímetro urbano o foco do mosquito aedes eegypt  é muito grande e por esta razão o prefeito Walker Américo achou por bem não haver as festividades carnavalescas.
Então, não se pode descuidar da limpeza de dejetos ou objetos que acumulam água, de vez que nesses depósitos de água é onde se vira criadouro do mosquito transmissor da dengue, febre amarela, chikungunya . Em vários locais, bairros, existem carcaças de carros velhos abandonados, e isto já faz muito tempo, como pode ser observado nas fotos registradas na rua Angelo Mantovani.
No bairro Santa Tereza, no Cidade Industrialo, Jardim Acapulco, rua Antonio de Belo, há diversas carcaças, no entanto providências cabíveis e necessárias não são tomadas por nenhum órgão responsável por proteger a população paraisense de ser afetada por mosquitos aedes aegpty que podem ocasionar doenças e deixar sérias sequelas, ou morte.
Não é de hoje que o Jornal do Sudoeste tem alertado quanto a este fato de carcaças de veículos abandonadas em vias públicas de Paraíso. 
Desculpem-me, mas ninguém dos responsáveis por determinar a retirada toma a providência, deixam como está para ver como fica, e isto é inaceitável, é omissão, protesta um dos reclamantes.