NOVO SECRETÁRIO

Ulisses Araújo é o novo secretário de desenvolvimento Econômico

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Política | 29-05-2017 09:05 | 759
Ulisses Araújo foi nomeado secretário de  Desenvolvimento Econômico Sustentável
Ulisses Araújo foi nomeado secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável Foto de Reprodução

O bacharel em Direito Ulisses Araújo da Silva é o novo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, em São Sebastião do Paraíso. O anúncio foi realizado quinta-feira (25/5), e Ulisses vai acumular a pasta com a chefia de Gabinete, função que já exerce desde o período em que Walkinho assumiu a prefeitura em setembro de 2016, e, no início deste mandato em 1º de janeiro de 2017. “É chegada a hora de priorizarmos este setor dentro da administração buscando fomentar o setor, após um período de análise e espera para arrumar a casa, condição que agora permite a administração dar mais um passo no sentido de desenvolvermos políticas públicas para o setor”, anuncia. 
Conforme levantamento realizado pelo Jornal do Sudoeste a Secretaria de Desenvolvimento Econômico estava vaga desde a primeira metade de 2013, ainda no primeiro ano da administração anterior. Naquele momento a função era exercida por Ailton Rocha de Sillos, que deixou o cargo por não ter apoio do governo da época, além de queixar-se de que estava sendo sabotado em suas ações pelo município. Após a saída de Sillos a secretaria ficou vaga, sem que o Executivo indicasse alguém para assumira pasta. 
Somente agora cerca de quatro anos depois a pasta está sendo reativada pela atual administração. “O prefeito Walker priorizou nestes quatro meses a questão de arrumar a casa e a situação do município agora está tomando novo rumo que possibilita vislumbrar no momento um incremento para o setor, por isso a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável está sendo reativada”, justifica.
A nomeação do Ulisses Araújo como secretário ocorreu no começo do mês e segundo ele será a oportunidade de desenvolver  um trabalho em prol da administração. “Venho do meio empresarial, atuei como executivo na Associação Comercial e Industrial, por três anos e meio onde aprendi bastante e também atuei no trato das questões familiares”, enumera. O secretário cita ainda que possui formação voltada para o setor e que tem investido na carreira. “Há poucas semanas participei de uma formação do setor voltada para o estas questões na Universidade Tecnológica de Alvellaneda, na Argentina”, comenta.
Ullisses disse que uma das propostas de trabalho da nova secretaria é a de criar políticas públicas para o desenvolvimento econômico do município. “Esta é a nossa preocupação e a nossa bandeira desde a campanha. Vamos trabalhar para resgatar e fortalecer em nossa cidade todo o sistema “S” e vamos trabalhar em conjunto com a Acissp, em sintonia com as secretarias de Desenvolvimento Agropecuário e a de Desenvolvimento Social”, acrescenta. Ele também citou a parceria com o Sebrae/MG como um forte aliado para a realização de ações conjuntas e de parcerias.
A intenção é fomentar os debates em torno dos APL’s (Arranjos Produtivos Locais) existem vários setores que podem deslanchar e desenvolver, além de principalmente se tornarem fontes de geração de emprego e renda, anuncia o secretário. “Vamos trabalhar de forma sustentável. Não simplesmente doar terreno para que a empresas e instale aqui. É preciso uma visão macro e periférica porque temos em nosso entorno pequenas cidades que dependem de Paraíso, ao mesmo tempo que existem outros municípios que concorrem com a nossa economia e é preciso que haja um equilíbrio”, ressalta.



 



Ele cita que ao longo de quatro anos a cidade ficou sem uma atenção específica da administração, sem que houvesse um tratamento adequado para a questão. “Vamos trabalhar com os pés no chão, de maneira simples, mas com ousadia e audácia. Temos pesquisas e estudos que apontam a existência de cinco mil pessoas desempregadas em Paraíso entre as que são economicamente ativas. O trabalho será feito no sentido de reduzirmos este volume, de criarmos alternativas e incentivar o setor a crescer e desenvolver”, finaliza.



 



 



 



AMBULANTES 



 



 



 



Quanto a polêmica que surgiu na cidade em relação ao comércio ambulante Ulisses Araújo disse que tem acompanhado o assunto de perto. “É um debate interessante que, por um lado, tem muito a ver com a secretaria que estamos assumindo, porque envolve geração de emprego e renda no município. De outro lado, tem a questão do empresariado que paga impostos e também se queixa da situação”, aponta. 



 



Conforme Ulisses há uma legislação municipal que regula o comércio ambulante informal na cidade. “Temos que aprimorar e a administração poderá colaborar, organizando o setor, conforme já vem ocorrendo com a realização de estudos e levantamentos”, observa. A intenção segundo ele é de criar um novo espaço para abrigar o Centro de Comércio Popular com mais espaço. “Vamos abrir diálogo para quem sabe criarmos uma nova associação e a Prefeitura dentro das possibilidades dar condições para que todos trabalhem dentro da legalidade”, ressalta. 



 



O secretário cita que a atuação vai além de doar terrenos, ou criar espaço. “Temos de criar condições para que estes trabalhadores sejam formalizados, que possam crescer como microempreendedores e tenham resguardados os seus direitos enquanto trabalhadores que geram emprego e renda no município”, reforça.  Estas ações segundo Ulisses já estão sendo trabalhadas e avaliadas pela administração, finaliza.