MOTOS

Polícia Militar ganha reforço em sua frota em Paraíso

Integração entre Judiciário, Ministério Público e Acasp permitiu a aquisição de duas motocicletas Honda XRE 300 para a PM
Por: João Oliveira | Categoria: Polícia | 22-02-2017 02:02 | 1172
Veículos foram recebidos pelo comandante substituto, tenente-coronel Joelmar Andrade
Veículos foram recebidos pelo comandante substituto, tenente-coronel Joelmar Andrade Foto de Denis Meneses







Aconteceu na manhã de quinta-feira (16/2), no anfiteatro do Centro de Educação Profissional do Sudoeste Mineiro (Ceduc), solenidade para a entrega de duas novas motos para integrar a frota da 20ª Companhia de Polícia Militar Independente em São Sebastião do Paraíso. As motos e quatro conjuntos de equipamentos de segurança, avaliados em cerca de R$ 52 mil, fazem parte dos esforços do Poder Judiciário, Ministério Público e da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp) em suprir a PM paraisense de modo a agilizar o atendimento às ocorrências e enfrentamento a criminalidade.




Na solenidade estiveram presentes o tenente-coronel Joelmar Lucas de Andrade que atualmente responde pela 20.ª Cia. de Polícia Militar Ind. como comandante substituto, a juíza de Direito da Vara Criminal da comarca de São Sebastião do Paraíso, Edna Pinto, o promotor de Justiça Rômulo Aguiar Generoso; o presidente da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp), Mario Coelho Souza; o secretário municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil, Miguel Félix; o prefeito Walker Américo Oliveira; o vereador Luiz de Paula, representando a Câmara Municipal; e o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de São Sebastião do Paraíso (Acissp), Ailton Rocha de Sillos.




O promotor Rômulo ressaltou que essa nova conquista, citando outras que aconteceram no passado, só foi possível graças aos trabalhos da Vara Criminal em Paraíso em captar recursos lícitos e destinar a Acasp, a fim de financiar projetos que visam a manutenção da paz social. Rômulo lembrou que no último ano, foram investidos cerca de R$ 120 mil, dinheiro que foi usado pela PM para instalar uma rede de monitoramento à distância no distrito da Guardinha bem como a aquisição de um drone para monitoramento em áreas de difícil acesso. O promotor ainda elogiou os trabalhos desempenhados pela PM e garantiu que o que depender dele, essa parceria com a 20ª Companhia perdurará por muitos anos.




O prefeito Walkinho ressaltou a importância da integração entre os poderes Legislativo, Executivo e Judiciário para o auxílio e manutenção da segurança pública. Lembrou dificuldades na gestão pública, mas se diz inteiramente interessado e disposto em contribuir no que for possível.




Walkinho também voltou a falar do projeto que existe em transformar a 20ª Companhia em batalhão e ressaltou que é um projeto que pode vir a se tornar realidade em breve. Ele também agradeceu os esforços da PM e lembrou a situação vivida, hoje, pela população no Estado Espírito Santo.




O tenente-coronel Joelmar Andrade, também ressaltou a importância da integração da PM com as associações do município para o fortalecimento da PM. O tenente-coronel está há poucos dias no município respondendo pela 20ª Companhia em substituição, e disse que em breve deve tomar a posse do comando, em solenidade que deve acontecer após o Carnaval.




“Essas duas motocicletas, que irão incorporar a frota da PMMG em Paraíso, são de fundamental importância, tendo em vista o trânsito atualmente, permitindo uma maior agilidade as ações da PM. Agradecemos à população de São Sebastião do Paraíso, às autoridades municipais que encamparam a ideia e nos ajudaram a adquirir esse equipamento”.




“Como ressaltou o promotor de Justiça da Comarca de São Sebastião do Paraíso, esses veículos foram adquiridos graças às multas que são aplicadas aos infratores que prendemos em Paraíso, assim, quanto maior o nosso trabalho, mais recursos poderão ser investidos na segurança dos cidadãos que são prejudicados e vítimas de algum crime.




Hoje, iremos trabalhar com recursos que são retirados desses criminosos”, completou o tenente-coronel Joelmar.