PERÍCIA

Polícia Civil faz perícia em veículos usados no roubo a banco em Paraíso

Por: João Oliveira | Editoria: policia | 07/06/2017 | Visualizações: 6200

A perícia fez os trabalhos de praxe na tarde desta quarta-feira, em busca de vestígios - Foto de Vasco Caetano Vasco/Jornal do Sudoeste

A Polícia Civil realizou na tarde desta quarta-feira (7/6), em São Sebastião do Paraíso, perícia nos veículos que foram usados por criminosos na ação  de roubo na agência do Mercantil do Brasil, na madrugada de terça-feira (6/6). Os carros, um Ford Focus branco, de Catalão (GO) e um Astra preto, de Uberlândia, tinham registro de roubo e furto e estavam com placas clonadas de Brasília (DF).
Os veículos, utilizados por um grupo armado que explodiu caixas eletrônicos deixando destruída a agência do Banco Mercantil do Brasil, foram encontrados no começo da noite de ontem (6/6) na região do Sobradinho, próximo ao bairro rural Faxina, quase na divisa com Santo Antonio da Alegria (SP). 
Conforme relata o delegado Tiago Bordini, os veículos foram encontrados por uma moradora na região de Sobradinho, abandonados em meio a um cafezal. Ela fez denúncia à polícia que constou se tratar dos carros utilizados no roubo a banco em Paraíso. A perícia fez os trabalhos de praxe na tarde desta quarta-feira, em busca de vestígios que possam ter sido deixados pelos autores e que possam ajudar nas investigações.
No Ford Focus, foram encontrados potes de vidro com pregos conhecidos como “miguelitos”, utilizados para ação de fuga caso haja perseguição. No porta-malas do veículo estava uma gaveta de um dos caixas eletrônicos que foram explodidos. Já no Astra, foi encontrada uma touca-ninja utilizada para mascarar a identidade de um dos criminosos e também um pote de vidro com mais pregos “miguelito”.
“A principio é prematuro divulgar qualquer informação, mas os veículos, com placas clonadas de Brasília, têm queixa de roubo e furto nas cidades de Catalão (GO) e Urberlândia. Temos algumas informações que ainda estão sendo checadas, objetos que foram encontrados e hipóteses que foram levantadas e que nos dão certo direcionamento nas investigações”, destacou o delegado.
Bordini disse ainda que a Polícia Civil não descarta a hipótese do envolvimento desses criminosos no roubo que aconteceu em Jacuí recentemente. “A principio não descartamos hipótese alguma, esses criminosos podem ter relação com esse caso registrado em Jacuí, mas é prematuro afirmar que há a participação: pode ser que sim, mas também pode ser que não”, completou o delegado.
Na ação registrada no município de Jacuí, os criminosos destruíram a agência dos Correios, dinamitaram caixas eletrônicos das agências do Banco do Brasil e Sicoob Nossocrédito, roubaram um posto de combustíveis e o cofre de uma loja. No entanto, até o fechamento desta matéria, nenhum suspeito foi identificado ou preso. Em São Sebastião do Paraíso, o prejuízo causado a agência do Banco Mercantil do Brasil e ao prédio onde houve as explosões foi grande, mas não foi divulgado o valor levado pelos criminosos.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897