APC

Um gigante adormecido

Por: Redação | Editoria: cultura | 16/07/2017 | Visualizações: 860

- Foto de Reprodução

Batata, apelido do incomparável atleta, como era conhecido dentro e fora dos gramados. Um homem com “H” maiúsculo, sua estatura ia da cabeça ao céu. Personalidade expressiva de nossa sociedade. Correto, honesto, bom e confiável.  
Havia uma graça natural em sua personalidade. Futebol fez parte de sua indelével história de vida, que com certeza ficará marcada no coração e na mente de seus familiares, amigos e de todos que tiveram o privilégio de conhecê-lo.  
Dançou gongo no terno do saudoso João Graciano, outra personalidade nobre do folclore paraisense. Batata foi um ídolo do futebol ficando eternizado na memória dos esportistas.
A morte é astuta e assustadora; chega sem avisar e nos arrebata. Não é o fim, mas o início de uma nova jornada. Faz parte! No dia vinte e cinco de julho completa um ano de seu falecimento. O silêncio fala por si, força que nos ajuda a prosseguir. Hoje, resta um grande vazio pontilhado de saudades e um grande legado foi deixado de exemplo para as futuras gerações.
Mesmo a distância e em silêncio, as bandeiras dos clubes de futebol por onde passou tremularam em sinal de gratidão e respeito ao grande atleta que Ele foi...
“Não morre quem fica no coração de alguém”


LAÉRCIO FELÍCIO DA SILVA – MEMBRO DA ACADEMIA  PARAISENSE DE CULTURA


 

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897