VAGÃO

Quem sabe, se consegue um vagão ou “Maria Fumaça”?

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Editoria: cultura | 23/07/2017 | Visualizações: 2812

Vagão poderia ter sido restaurado e coloca na Casa da Cultura - Foto de Arquivo

Na companhia de meu estimado amigo Cassimiro Potenciano do Couto (Sapateiro), estive na Casa da Cultura, onde está instalado o Museu Histórico Municipal “Napoleão Joele”, no prédio onde por anos foi a Estrada de Ferro Mogiana, posteriormente Fepasa, na praça Olegário Maciel, em São Sebastião do Paraíso.
Ficamos encantados com a organização, limpeza e variedades de instrumentos, ferramentas, documentários, fotografias antiquíssimas que mostram pessoas e logradouros, primeiros pilotos formados no Aeroclube pista onde hoje se localiza parte do Jardim Europa, enfim, a história, costumes, artes, folclore, trabalho, literatura, cultura paraisense.
Existem também inúmeras e chamativas atrações, como um pequeno canhão, que nos leva conhecer e reviver invenções, criações, objetos e a pujança, coragem e dinamismo de nossos antepassados e contemporâneos.
No interior da Casa da Cultura, logo na entrada, existe a instalação de dois trilhos de ferro assentados em cima de dormentes de madeira e pedras britadas, o que faz lembrar as linhas da Estrada de Ferro Mogiana e São Paulo e Minas, que, infelizmente não mais existem.
Conversando com alguns amigos que gostam de preservar, apreciar e reviver fatos do passado, senti que eles têm a mesma opinião deste colunista quanto a exposição dos trilhos na Casa da Cultura. Nossa opinião e sugestão é que seria mais adequado serem colocados externamente e não dentro do prédio. 
Sugerimos o antigo leito da ferrovia, onde os trens eram estacionados com passageiros ou cargas, bem de frente à calçada da plataforma de embarque e desembarque. Aí sim, ficaria mais original. 
Outro detalhe que também é sugerido pelo ex-prefeito e vereador, historiador, advogado e professor Luiz Ferreira Calafiori, é que uma réplica da linha férrea seja instalada do lado de fora, onde há a plataforma, e que o prefeito Walkinho com apoio de deputados se empenhem para conseguir um vagão ou máquina antiga para ser colocado como atração.
Ficaria muito bom, e seria atração espetacular a mais em Paraíso, para paraisenses e visitantes.
Oxalá consigam. No vagão pode ser montada lanchonete, semelhante a que havia no Centro Social Urbano I, vagão que deveria ter sido restaurado e colocado na Casa da Cultura, mas infelizmente foi destruído.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897