AGRICULTURA

Sedeagro participa do "Encontro Regional de Alimentação Escolar e Agricultura Familiar"

Por: Roberto Nogueira | Editoria: agricultura | 23/07/2017 | Visualizações: 981

Horticultora em Paraíso, Maria do Carmo fala de sua experiência no setor aos demais produtores - Foto de Reprodução

A Sedeagro (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agropecuário) foi um dos órgãos participantes do Encontro Regional de Alimentação Escolar e Agricultura Familiar. O evento foi promovido pela Emater/MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais) e a 35ª Superintendência Regional de Ensino, contou com representantes de 16 municípios. A iniciativa visa promover a venda dos produtos da agricultura na alimentação escolar, prevista em lei.
Conforme Marco Aurélio Alves de Paula, chefe de Departamento de Agricultura na Sedeagro esta é uma excelente oportunidade aos produtores de hortaliças do município. "É o momento em que é feita a preparação das escolas que vão fazer a aquisição dos alimentos, agora para o segundo semestre. Representa uma renda extra e segura que o produtor irá receber", comenta.
Participaram agricultores familiares, diretores das escolas estaduais, nutricionistas, analistas de prestação de contas da SRE, membros do Departamento de Compras da Prefeitura e extensionistas da Emater, entre outros interessados. "Os participantes formaram grupos de acompanhamento das chamadas e mobilizaram os produtores e diretores para aumentar a oferta de produtos da merenda escolar", descreve Marco Aurélio.
Luiz Gustavo Queiroz é produtor de hortifrutis, na região do Barreiro, em São Sebastião do Paraíso. Ele disse que o setor de merenda escolar é uma das principais fontes de renda que possui. "Graças a Deus está funcionando muito bem. Era empregado junto com minha esposa e hoje já conseguimos deixar esta condição, tenho funcionários e estamos desenvolvendo bem", relata com entusiasmo. Ele já estava se preparando para participar de mais um leilão para fornecimento de produtos para a merenda escolar. "O mercado está aberto, nós fornecemos nas feiras, nos mercados também acrescenta.
Pelo Programa de Alimentação Escolar cada produtor pode comercializar até R$ 20 mil por DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) ao ano. Agora está sendo permitido a venda da produção para outros municípios o que abre a oportunidade de abertura e aumento do leque de renda. A iniciativa abrange os produtores que estão cadastrados ao Programa Nacional de Agricultura Familiar.
Ainda foram apresentadas experiências exitosas dos municípios participantes. Houve apresentação das nutricionistas paraisenses sobre os resultados da compra da agricultura familiar nas escolas estaduais. Em seguida foi realizada uma palestra com Aline Oliveira, coordenadora regional da Emater/Guaxupé. sobre a articulação entre agricultores familiares e entidades executoras do PNAE (Programação Nacional de Alimentação Escolar).  De acordo com Marco Aurélio, nos próximos dias serão feitas as chamadas públicas para a aquisição dos alimentos no segundo semestre do ano letivo nas escolas da região.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897