CAFÉ

Emidinho Madeira apresenta parecer sobre terras devolutas

Parecer faz relação entre terra e dignidade

Por: Redação | Editoria: agricultura | 08/07/2017 | Visualizações: 730

Deputado apresenta o parecer sobre terras devolutas - Foto de

O deputado Emidinho Madeira, relator do Projeto de Lei (PL) 3.601/16, de autoria do deputado Tadeu Martins Leite, que trata das terras devolutas no Estado, apresentou seu parecer na Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) quarta-feira (5/7). O relator opinou pela aprovação da matéria na forma do substitutivo nº 1. 
Ao abordar o mérito da proposição, o deputado Emidinho Madeira salientou que, no meio rural, a condição de ser ou não proprietário da terra influencia nos resultados obtidos por quem produz por meio dela. Ele menciona a existência de terras públicas devolutas sem destinação, ao mesmo tempo em que trabalhadores rurais demandam o acesso a terra como meio de produção, fonte de renda, trabalho, dignidade e cidadania.
Já no espaço urbano, o parecer menciona o direito à moradia, reconhecido na Declaração Universal dos Direitos Humanos, de 1948. O deputado também enfatiza o conceito contemporâneo de moradia, que vai além de uma construção física habitável, mas engloba outros pressupostos, como a segurança de posse e a disponibilidade de serviços, infraestrutura e equipamentos públicos. 
"Entendemos ser importante a contribuição pretendida pelo projeto de lei em análise, pois visa, por meio da consolidação da legislação referente às políticas agrária (meio rural) e fundiária (meio urbano), a dar maior aderência à sua execução no Estado", sintetiza o deputado Emidinho Madeira. O PL 3.601/16 agora segue para análise da Comissão de Administração Pública.
Sobre o novo texto:
O novo texto reordena os dispositivos de aplicação geral do projeto e também os específicos para as políticas rural e urbana, como forma de ampliar os potenciais impactos positivos da norma. De acordo com a consultoria da ALMG, durante a tramitação do PL 3.601/16, uma medida provisória alterou as regras sobre as terras devolutas, forçando uma readequação do texto da proposição. Nesse sentido, o substitutivo também engloba sugestões enviadas pelas Secretarias de Estado de Desenvolvimento Agrário e de Cidades e Integração Regional.
Conceito - Terras devolutas são aquelas que não se encontram no domínio particular por título legítimo nem constituem próprios da União, dos Estados ou municípios. O PL 3.601/16 busca justamente organizar o tratamento jurídico dado a esse tema e, para tanto, consolida e aprimora a esparsa legislação estadual e propõe a revogação de diversas normas.
No parecer, o deputado Emidinho Madeira cita os dispositivos constitucionais, nos âmbitos federal e estadual, que tratam da destinação de terras devolutas, entre os quais o que prevê a compatibilização desse mecanismo com a política agrícola e com o plano nacional de reforma agrária.
(Ascom Emidinho Madeira)

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897