CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2127

Por: Redação | Editoria: cidades | 16/08/2017 | Visualizações: 188

- Foto de Reprodução

CAPUTINO
No começo desta semana, em plena segunda-feira, o prefeito Walker Américo amanheceu no pátio de obras da Prefeitura de Paraíso e tomou café da manhã com os funcionários do local. A turma foi reunida no anfiteatro onde houve um bate papo sobre a realidade financeira do município. No entanto, apesar das dificuldades que não é exclusividade dos paraisenses e que muitos não enxergam ser conjuntura nacional, falou-se em unidade e superação. De mãos dadas fizeram até oração e em seguida partiram para o café. 


LIDERANÇA
O vereador Jerônimo Aparecido da Silva (DEM) deixou de ser o líder do prefeito Walkinho na Câmara de São Sebastião do Paraíso. Por algum motivo não houve o entendimento e o nobre edil passa a ter um motivo a menos para apanhar de graça. Até o momento o chefe da administração ainda não escolheu quem irá defendê-lo. Olhando o cenário são poucas as opções, considerando que entre os mais experientes restam apenas dois e seria grande surpresa se um deles aceitasse. Já entre os novatos são remotas as possibilidades de algum aderir e se comprometer em levar as chibatadas. Tudo é possível.


DE BOTUCA
O prédio da Câmara dos Vereadores de Paraíso que já possui vários ambientes diferenciados e confortáveis gabinetes, vai ganhar um moderníssimo sistema de monitoramento por câmeras. Segundo anuncia-se vai ter vigia em todos os cantos e gabinetes, inclusive foi dito que o vereador terá senha para acessar o seu espaço. 


SEM SAÚDE
A sobrecarga de responsabilidades na saúde sobre os municípios, é agravada pela omissão dos outros entes federados, principalmente o Estado, no financiamento desse sistema tripartite. Essa foi a tônica da fala de várias autoridades na audiência pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) ocorrida semana passada. Uma das prefeitas participantes disse que seu maior desassossego está na área da saúde. Ela acordou com um oficial de justiça na sua porta que a entregou uma notificação, para se juntar às mais de 500 que já possui , acrescentando que a citação se refere ao não fornecimento de medicamento obrigatório pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


REPETIÇÃO
Situação semelhante o presidente da Comissão de Saúde da Assembleia, deputado Carlos Pimenta ouviu em Paraíso quando de realização de reunião semelhante ocorrida no Teatro Municipal Sebastião Furlan, no primeiro semestre. Ele lamentou o descumprimento dos compromissos do Governo do Estado na saúde regional. Citou que foi decretada calamidade profissional em 126 hospitais de Minas. O Conselho Regional de Medicina não reconhece esses locais como seguros para o médico exercer sua profissão. Pimenta lembrou ainda que, em 2016, o Executivo estadual aplicou apenas 5,8% da receita líquida na saúde, quando deveria investir ao menos 12%. E fica tudo por isso mesmo.  Os prefeitos se descumprirem ordem judicial podem ser presos. 


RECONCILIAÇÃO
Comenta-se nos bastidores políticos da capital que o vice-governador Antônio Andrade, que recebeu os vereadores de Paraíso em audiência em sua sala na Cidade Administrativa, pode voltar as boas com o desafeto, o governador Fernando Pimentel. Existem colaboradores trabalhando para que haja a reconciliação entre as partes. Tudo isto visando manter todos aliados no mesmo lado, com pensamento voltado para as eleições de 2018. Quem sabe numa desta, havendo paz entre as partes os pleitos em nome de Paraíso podem ser mais facilmente atendidos. 


TRANSFERÊNCIAS 
Com o objetivo de promover uma evangelização adequada às comunidades paroquiais, a Diocese de Guaxupé promove regularmente a transferência e a nomeação de clérigos para contribuir no exercício do zelo pastoral na Igreja Particular. Na semana passada em comunicado oficial o bispo Dom José Lanza Neto anunciou 10 mudanças em algumas paróquias. Especificadamente no caso particular de Paraíso, confirmou-se a nomeação do padre Sérgio Aparecido Bernardes Pedroso, como vigário paroquial da Matriz São Sebastião. 


DIOCESE
Por falar em igreja na semana passada empolgado com a presença de Fernando Pimentel que transferiu a sede do governo para Passos, uma vereadora daquela cidade apresentou uma indicação na Câmara. Pretende iniciar o processo de criação da Diocese de Passos, desmembrando o setor Passos da Diocese de Guaxupé, que recentemente comemorou o seu centenário. 


SUGERIU
Após “climão” entre presidente da Câmara e prefeito de Paraíso, numa reunião que aconteceu na sexta-feira (11/8), a pedido do vereador Tatuzinho, o prefeito Walkinho teria sugerido ao vereador Marcelo de Morais que renunciasse presidência. Em plenário, o vereador soltou o verbo questionado que não há motivo para isso. Além de criticar gastos do Executivo, Marcelo ainda chegou a fazer ameaças, dizendo que pediria cassação do mandato do Walkinho, caso se confirmasse que prefeito usou dinheiro da Contribuição de Iluminação Pública para pagamentos de dívidas sem conhecimento da Câmara.


CONCURSO
Os “conchavos”, conforme afirmou Marcelo de Morais em sessão da Câmara Municipal de segunda-feira (14/8), devem finalmente acabar. Isso porque será realizado concurso público para ocupação de 10 cargos na Casa Legislativa, em sua maioria comissionados. O Ministério Público encaminhou recomendação para que dois desses cargos fossem ocupados imediatamente mediante concurso público, mas presidente afirmou que independente da recomendação da promotoria, a Câmara já iria fazer o concurso e que o MP pode recomendar, mas isto não significa que irá influenciar ou tomar decisões dentro da Câmara.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897