UAI

PSIU em Paraíso será um dos próximos a se transformar em UAI

Por: Roberto Nogueira | Editoria: cidades | 16/08/2017 | Visualizações: 2108

PSIU será reestruturado para melhorar prestação de serviços à comunidade - Foto de Divulgação

O Governo de Minas Gerais anunciou no início desta semana que o PSIU (Posto de Serviços Integrado Urbano) de São Sebastião do Paraíso será um dos próximos a ser transformado em UAI (Unidades de Atendimento Integrado). Para tanto um novo prédio já foi alugado e está sendo preparado para receber as novas instalações. Com a mudança o governo pretende com seu modelo de expansão modernizar a infra-estrutura oferecida para o cidadão e quer inaugurar mais 13 unidades até o final do próximo ano.
A proposta defendida pelo governo mineiro é de expandir ainda mais a presença das UAIs no interior do Estado. Por meio de mais um contrato de PPP (Parceria Público-Privada (PPP), a Seplag (Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão) tem a intenção de inaugurar, até o final de 2018, 13 novas Unidades de Atendimento Integrado em Minas Gerais. Algumas unidades serão inéditas nas cidades enquanto outras vão mudar de endereço, para prédios maiores e com infra-estrutura moderna para atender o cidadão mineiro.
Este é o caso de São Sebastião do Paraíso que é um dos municípios cuja implantação da UAI está previsto para até o final do ano. O novo prédio está sendo instalado no cruzamento entre a rua Pimenta de Pádua e a avenida Oliveira Rezende. A Prefeitura já sinalizou a intenção de negociar com o governo o prédio onde antigamente funcionava a Minas Caixa e que atualmente abriga o PSIU          
Atualmente, as UAIs estão presentes em mais de 25 cidades do interior além das quatro instalações existentes na capital. “Essa migração tem objetivo de continuar com a qualidade de serviço com o investimento no parque tecnológico com novos equipamentos, unidades remontadas e mobiliário novo”, explica Itaner Debossan, superintendente das unidades. Ele afirma que a ideia é de migrar para um lugar mais movimentado, com acesso de ônibus. “A lógica da mudança de endereço é sempre essa: modernizar o atendimento e facilitar o acesso do cidadão”, justifica.
A modernização das UAIs reflete diretamente na qualidade do serviço que é prestado aos cidadãos e tem sido motivo de reclamações dos paraisenses, não só pela excassez de serviços oferecidos , mas pela limitação. Além de modernizar, Itaner Debossan explica que devem ser retirados serviços que não agregam valor ao cidadão e geram alto custo de manutenção ao Estado. “Focamos na melhoria de serviços que trazem reais benefícios para a população, além da questão da humanização”, salienta.
Ele citou que um exemplo é o agendamento para a retirada da segunda via da carteira de identidade. Atualmente, com o agendamento o processo demora de 4 a 6 minutos. Antes, a espera chegava a ser de mais de 4 horas na UAI da capital. “Hoje o cidadão sai de casa sabendo os documentos que precisa levar, com horário marcado. É um ganho muito grande no caráter humanitário. Nossas filas são bem menores em função dessa questão”, destaca Itaner. Em Paraíso o serviço nem é oferecido no PSIU e quando ocorre por outros meios o prazo de espera e longo. 

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897