POLE POSITION

Aos números

Por: Sérgio Magalhães | Editoria: esporte | 20/08/2017 | Visualizações: 200

Duelo entre Vettel e Hamilton deve durar por todo o campeonato - Foto de Getty Images

A Fórmula 1 volta das férias no próximo final de semana com o GP da Bélgica, no lendário Circuito de Spa-Francorchamps, mas antes eu preparei um balanço dos números produzidos nas 11 etapas disputadas.
A Mercedes venceu 6 corridas – 4 com Hamilton, 2 com Bottas – fez duas dobradinhas (Canadá e Hungria), 8 pole positions (6 de Hamilton, 2 de Bottas) e lidera o campeonato de Construtores com 357 pontos, 39 a mais que a Ferrari e impressionantes 173 a frente da Red Bull, de quem muito se esperava nesta temporada, mas o modelo RB13, de Daniel Ricciardo e Max Verstappen, não correspondeu às expectativas.
Entre os pilotos, Lewis Hamilton fez mais poles (6), Sebastian Vettel e Valtteri Bottas fizeram duas cada, e Kimi Raikkonen uma. Em Mônaco, Raikkonen quebrou um jejum de 128 GPs – desde 2008 – sem fazer pole position. Hamilton foi quem fez também o maior número de voltas mais rápidas (6), mas é Vettel quem ganhou mais corridas (5) e lidera o campeonato com 202 pontos, 14 a mais que Hamilton (188), e 33 a mais que Bottas, terceiro colocado com 169. Mais atrás, Ricciardo soma 117 (4º) e Raikkonen 116 (5º). Felipe Massa ocupa a 11ª colocação com apenas 23.
Vettel e Bottas têm 8 pódios cada, contra 6 de Hamilton, 5 de Daniel Ricciardo, 4 de Raikkonen e 1 de Verstappen. Saindo da esfera Mercedes, Ferrari e Red Bull, o novato Lance Stroll, da Williams, 3º colocado no tumultuado e não menos eletrizante GP do Azerbaijão, foi o único a subir no pódio e de quebra, aos 18 anos e 239 dias, tornou-se o mais jovem piloto a terminar uma corrida de Fórmula 1 entre os três primeiros colocados.
No Canadá Hamilton igualou as 65 pole positons de Ayrton Senna, na sequência fez mais duas (Azerbaijão e Inglaterra), totalizando 67 e está apenas uma de igualar o recorde de Michael Schumacher. Com mais duas o inglês se tornará o piloto que mais vezes largou da primeira posição do grid na história da Fórmula 1.
Substituto de Nico Rosberg na Mercedes, Valtteri Bottas conquistou a primeira pole da carreira no GP do Bahrein e a primeira vitória no GP da Rússia, tornando-se respectivamente o 98º piloto diferente a fazer pole e o 107º a vencer corrida.
Apenas Vettel e Hamilton completaram todas as 679 voltas percorridas nos 11 GPs disputados. Dos pilotos que disputam regularmente o campeonato, Max Verstappen que enfrentou vários problemas mecânicos e acidentes, foi o que menos completou voltas (398). O holandês teve 5 abandonos, um a menos que Fernando Alonso, mas a estatística é curiosa porque com todos os problemas que o espanhol enfrenta com a McLaren-Honda – não largou na Rússia por problemas mecânicos e abriu mão do GP de Môna-co para disputar as 500 Milhas de Indianá-polis –, conseguiu completar 421 voltas.
Hamilton foi quem liderou mais voltas (263), seguido por Vettel com 222, Bottas 129, Raikkonen 38, Daniel Ricciardo 18 e Verstappen 9.
O GP da Rússia foi o mais monótono com apenas uma ultrapassagem, de Pascal Wehrlein sobre Marcus Ericsson na 5ª volta em disputa pela 15ª posição. Na outra ponta, o GP do Azerbaijão, aquele em que Vettel bateu de propósito em Hamilton depois de um toque involuntário na traseira do inglês, foi o que rendeu mais ultrapassagens, 137.
Nas disputas por posições de largada entre companheiros de equipe, o placar é: Ferrari (Vettel 8 x 3 Raikkonen); Mercedes (Hamilton 6 x 5 Bottas); Red Bull (Verstappen 7 x 4 Ricciardo); Williams (Massa 9 x 1 Stroll); Force India (Sergio Pérez 9 x 2 Esteban Ocon); Toro Rosso (Carlos Sainz 6 x 5 Daniil Kvyat); Renault (Nico Hulkenberg 10 x 0 Jolyon Palmer); McLaren (Alonso 9 x 1 Stoffel Vandoorne); Haas (Romain Grosjean 7 x 4 Kevin Magnussen), e Sauber (Wehrlein 7 x 2 Ericsson). 
Vettel lidera o campeonato desde o começo, na Austrália, diferença que chegou a 25 pontos sobre Hamilton em Mônaco, caiu para 1 na Inglaterra, e com a vitória do alemão na Hungria subiu para 14, apesar de os carros da Mercedes estarem mais rápidos que os da Ferrari. É um bom aperitivo para as 9 etapas que ainda restam.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897