GÁS DE COZINHA

Veja como está o preço gás em Paraíso depois do último aumento

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Editoria: comercio | 16/09/2017 | Visualizações: 2506

- Foto de Reprodução

Na edição de sábado passado (9/9) o Jornal do Sudoeste publicou matéria com título “O aumento no preço de combustíveis e o roubo na Petrobras”. E foi ressaltado que seria feito, como foi, levantamento de preços em estabelecimentos que revendem gás de cozinha em São Sebastião do Paraíso. Então, nesta sexta (15/9) foi efetuada pesquisa deste fundamental e necessário produto consumido nos lares, comércio e serviços, e indústrias.
A pesquisa foi realizada em 17 pontos de venda. Foi constatado que o preço subiu consideravelmente em Paraíso (botijões 13 quilos), comparando-se com o levantamento anterior, em 14 de julho, quando o consumidor pagava na faixa de R$ 49, a R$ 55 em sua maioria.
Na pesquisa atual os valores cobrados (no local de venda) estão entre R$ 60, e a R$ 65 para ser entregue, mas há estabelecimento que o produto é também entregue por R$ 60.
O mais barato encontrado foi no Mercado Bom Preço, a R$ 55 para ser retirado no local, na rua Stella, Jardim São José I, logo abaixo do prédio da UPA, sentido bairro Cristo Rei. (Veja em anexo a tabela de preços).
Em um país onde a queda de renda da população é evidente, onde há mais de 13 milhões de desempregados, é uma falta de respeito, consideração e humanidade, cobrar estes valores dos consumidores, em especial os de baixa renda. Isso quanto têm renda, e pais de família amargando, por falta de trabalho, diz um consumidor ouvido pelo “JS”. Segundo afirmou, está desempregado há mais de seis meses.
Consumidores estão indignados com esta prática desumana de reajustes tanto de combustíveis, como no gás de cozinha.
O que estão fazendo os nossos políticos, na Câmara Federal e Senado, que até agora não levantaram uma palha sequer, ou pelo menos tentou impedir e coibir estes frequentes aumentos autorizados por órgãos do Governo Federal, protestou, com absoluta razão, um consumidor.
Outro detalhe que está deixando o povo brasileiro, e, obviamente os paraisenses, é a falta de medicamentos nas farmácias populares das prefeituras, principalmente os controlados, conforme reclamou um cidadão que pediu para não ter sua identidade revelada.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897