Velho ?

Por: Redação | Editoria: cultura | 27/09/2017 | Visualizações: 1002

- Foto de Reprodução

Hoje é dia de se olhar no espelho
De se amar e não ficar vemrelho
De colocar o tênis e sair correndo
De calçar os sapato e andar lento
Édia de voar e olhar o vento.


Hoje é dia de mostrar os dentes na rua
De esquecer o semblante da amargura
De vestir-se de felicidade
De se lembrar e de se amar por ter idade.


Hoje é noite de dançar a noite inteira
E de cair na bebedeira.
É dia de alegria o dia inteiro
E de ser chamado de beijoqueiro.
É dia de não ter vergonha de ultrapassar limites.


Hoje é dia de esquecer o tempo
De apostar nos contratempos
De investir nos acalentos
De esquecer as regras da vida.


Hoje é dia de provar que velho,
Ahh, velho é você,
Que acha que não se pode correr,
Voar, dançar, beijar, amar e aprontar.


Que velho é aquele que não sonha e nem conquista
Que para de se mexer só porque dizem que não faz bem.
Velho é aquele que é egoísta,
Velho é aquele que sempre diz amém.


Velho é não poder ser você.
Velho é não poder perguntar por quê?
Cante, sorria e vá andando.
Todos nós nascemos para fazer história
E a sua está apenas começando.
São Sebastião do Paraíso, 27/09/2017

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897