ANIMAIS

Animais soltos em bairros e em rodovia traz preocupação a moradores e comerciantes

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Editoria: transporte | 10/10/2017 | Visualizações: 345

Às margens da BR 491 o “JS” registrou foto de um cavalo que teria saído do Jardim Itamarat - Foto de Reprodução

 


Vários fatores contribuem para que, infelizmente, o Brasil esteja classificado entre os países em que mais acontecem acidentes de trânsito no mundo. Conforme levantamentos, no Brasil as principais causas são as imprudências de condutores de veículos, que na maioria dos casos não respeitam as sinalizações e as leis de trânsito. Condutores dirigindo embriagados ou drogados, pistas mal conservadas, condutores inabilitados, excesso de velocidades e, daí por diante.
Também existem outro problema que tem que ser avaliado, fiscalizado, apreendendo e com punição aos responsáveis ou proprietários  de animais soltos, perambu-lando dentro de vias públicas do perímetro urbano e em rodovias, tanto a nível estadual como federal.
Os acidentes mais frequentes e com danos materiais e perdas de vidas humanas que acontecem em vias públicas urbanas e rodovias, provocados por animais soltos, na maioria são provocados por cavalos e bovinos.
Nesta semana, atendendo denúncia de condutores de veículos e comerciantes estabelecidos na rua Francisco Semenze no bairro Jardim Itamarati, próximo onde funcionou o Restaurante do Tilau, às margens da BR 491 o “JS” registrou foto de um cavalo que teria saído do Jardim Itamarati e atravessou duas pistas pelas gramas que ficam dentro dos canteiros da referida rodovia federal, onde o trânsito é intenso.
Segundo declarações de um dos moradores acontece com frequência cavalos naquele local para se alimentarem das gramas nos canteiros. No momento em que foi registrada a foto, só havia um, mas outros três estavam na pista e já haviam saído. Eles podem provocar acidentes irreparáveis, alertou o denunciante.
Moradores e comerciantes próximos àquele local na rodovia BR 491 solicitam através do “JS” que autoridades responsáveis pelo trânsito e segurança na área urbana e rodovias que passam pelo município paraisense que fiquem atentas e fiscalizem e sejam apreendidos os animais soltos e sejam identificados os proprietários deles.
Conforme explicam, constantemente animais são vistos perambulando em vias públicas no Jardim Itamarati, Belvedere, e na pista da BR 491.
Providências, de fato devem ser tomadas urgentemente, para se evitar acidentes com pessoas, veículos e os com os próprios animais, criaturas que não têm noção do perigo. Os verdadeiros culpados são os proprietários dos animais.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897