BRASÍLIA

Emidinho Madeira vai à Brasília em defesa de Furnas

Por: Renato Zupo | Editoria: politica | 09/10/2017 | Visualizações: 77

O deputado Fabinho Ramalho recebeu o grupo em defesa de Furnas - Foto de Reprodução

“Não podemos mais conviver com tantas perdas para Minas Gerais. Como se não bastasse a venda, pelo Governo Federal, de quatro usinas da Cemig que estavam com as concessões vencidas, estamos agora diante de um situação que poderá acarretar um impacto extremamente negativo em nossa região com a privatização da Eletrobrás, onde Furnas está incluída.
Quando foi construída a barragem de Furnas muitas famílias tiveram suas terras inundadas e os prejuízos foram enormes, tanto financeiro como psicológicos. Com o tempo as populações e os municípios afetados foram se adaptando e surgiram novas atividades como a produção de peixes nos tanques-rede, o turismo, as lavouras irrigadas. Agora estamos correndo um sério risco e o preço poder ser muito alto. O povo já chorou uma vez e isso não pode acontecer de novo”, disse o deputado Emidinho Madeira.
A reunião em Brasília aconteceu na quarta-feira (04/10) com a presença dos prefeitos de São José Barra, Serginho da Auto Escola, de Capitólio, Zé Eduardo que é presidente da Alago, de Piumhi, Deco do Stalo, que também é presidente da Ameg, o prefeito de Carmo do Rio Claro, Tião Nara, o presidente do Sidefurnas, Miguel Ângelo e deputados federais Renato Andrade, Luís Tibé e Fabinho Ramalho, que lidera a bancado dos deputados federais de Minas Gerais na Câmara Federal, além de representantes de sindicatos de outras usinas do sistema Eletrobras.
Segundo Emidinho Madeira, no mesmo dia foi realizada uma breve reunião com o deputado federal Rodrigo Pacheco, que também se comprometeu e entrar na briga e garantiu que irá levar essa importante demanda diretamente ao presidente da República.


ENTENDA UM POUCO SOBRE PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS
O governo federal anunciou, em agosto, a privatização da Eletrobras. Hoje o governo tem cerca de 60% da estatal elétrica e a proposta é ficar com menos de 50% da empresa. O governo tem trabalhado para concluir a modelagem da privatização. Recentemente o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, afirmou que a proposta deve ser encaminhada ao presidente Michel Temer ainda em outubro. 
Segundo Pedrosa, todo o processo deve ser concluído até o início do próximo ano. Isso inclui a definição, com a Eletrobras, de como será feita a privatização.
(Ascom Emidinho Madeira)

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897