• Dos Leitores •

Nota ao Jornal do Sudoeste

Por: Redação | Editoria: doleitor | 12/10/2017 | Visualizações: 1987

- Foto de Reprodução

Em resposta ao Jornal do Sudoeste, referente à matéria publicada na última edição intitulada “A pedido do deputado Arantes, Comissão da Assembleia visita Escola de Educação Especial em Paraíso”, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) esclarece que a situação das escolas estaduais de Educação Especial Padre Pascoal Berardo, do município de Monte Santo de Minas, e Mariana Marques, de São Sebastião do Paraíso, ainda está em estudo e os encaminhamentos para os estudantes atendidos pelas unidades devem ser definidos após a aprovação do Plano de Atendimento para o ano de 2018. 
É importante salientar que, independentemente do que for decidido para o próximo ano letivo nessas unidades escolares, será garantida a continuidade dos estudos para todos os estudantes, com o atendimento educacional especializado adequado para cada um deles. Eles podem ser absorvidos por escolas municipais, escolas estaduais regulares ou unidades da Apae, que mantêm convênio com a SEE para contratação de profissionais. A Escola Estadual de Educação Especial Padre Pascoal Berardo possui hoje 17 alunos matriculados e a Escola Estadual de Educação Especial Mariana Marques atende 16 estudantes. 
A SEE trabalha em toda a sua rede para que a oferta do ensino seja universal e de maneira inclusiva, em conformidade com a legislação vigente. Para garantir suporte aos estudantes com deficiência - seja física, auditiva, visual ou intelectual -, Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD) e altas habilidade/superdotação, as escolas oferecem o Atendimento Educacional Especializado (AEE), que tem por objetivo levar ao público alvo atendimento especializado que lhe possibilite a participação plena na escola. Esse atendimento, em caráter complementar e de apoio, oferecido no contra-turno das aulas, permite ao aluno um melhor aproveitamento de suas potencialidades, melhorando seu processo de aprendizagem e facilitando a sua inclusão nas classes comuns.
A rede estadual de ensino de Minas Gerais, desde o início desta gestão, avança nas ações de Atendimento Educacional Especializado, tanto no que diz respeito à ampliação da oferta de profissionais quanto das condições de acessibilidade para os estudantes com deficiência matriculados nas escolas estaduais mineiras. Hoje, 1.765 escolas estaduais ofertam o AEE em salas de recursos, nas diversas localidades do Estado. Até 2015, o atendimento em sala de recursos era feito em 1.279 escolas.
Além disso, as escolas contam com recursos materiais e profissionais especializados para oferecerem as condições de acessibilidade aos estudantes, conforme suas necessidades. Atualmente, são mais de 7 mil Professores de Apoio à Comunicação, Linguagem e Tecnologias Assistivas, que dão suporte ao aluno para a sua participação nas atividades escolares; 1.004 intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras), para os alunos surdos; e 6 guias-intérpretes, que dão suporte ao aluno surdo-cego.
Vale salientar que atualmente existe uma reversão na demanda por matrículas de alunos com algum tipo de deficiência - seja física, auditiva, visual ou intelectual -, transtornos globais de desenvolvimento e altas habilidade/super-dotação. 80% dos estudantes da educação especial encontram-se matriculados em escolas regulares, com os apoios necessários, e apenas 20% em escolas especiais. 
A análise para abertura de novas matrículas decorre do Cadastramento Escolar, que oferta a vaga prontamente nas escolas regulares, conforme geo-processamento. A necessidade de matrícula em escola especial é analisada pela Comissão Municipal de Cadastro e Matrícula e pelas Superintendências Regionais de Ensino (SREs), no Plano de Atendimento realizado anualmente. Com o crescimento e a valorização da Educação Especial na perspectiva da inclusão, a demanda por vagas em escolas especiais de atendimento exclusivo tem reduzido a cada ano. Com isso, algumas unidades de ensino apresentam redução do número de matrículas, impactando diretamente a capacidade de atendimento. 


Atenciosamente, 


Assessoria de Comunicação Social Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais
Telefone: (31)3915-3670 / (31)3915-3671
Cidade Administrativa 
Presidente Tancredo Neves
Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4143
Prédio Minas, 11º andar
Bairro Serra Verde
Belo Horizonte, Minas Gerais
CEP 31630-901

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897