GÁS DE COZINHA

Veja como anda o preço do gás em Paraíso

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Editoria: comercio | 09/12/2017 | Visualizações: 10223

- Foto de Reprodução

Desde janeiro deste ano a Petrobras reajustou o preço do gás de cozinha (GLP) seis vezes, reajustes que chegaram em mais de 40%. Em um ano as majorações de preços atingiram 68%. Somente no início desta semana o aumento foi de 8,9% nas refinarias da Petrobras.
Famílias de baixa renda e o que pior, os desempregados que são mais de 13 milhões de brasileiros, são os mais penalizados com estes constantes aumentos.
Até mesmo comerciantes que revendem o produto de extrema necessidade não estão nada satisfeitos com os aumentos, de vez que estão em contato direto com os consumidores, e pessoas mal informadas acham que a culpa é dos comerciantes.
Um dos estabelecimentos comerciais mais tradicionais na venda de botijões de gás em São Sebastião do Paraíso, o Lar Moderno, desde o dia 30 de novembro não mais vende o produto devido às constantes altas no preço.
O “JS” realizou na quinta-feira (7/12) levantamento de preços em diversos estabelecimentos que revendem gás em Paraíso e ainda encontrou o botijão por R$ 65, para ser retirado, e em outro a R$ 68, entregue em domicílio, ou no local de venda. O mais caro estava por R$ 79 uma diferença de R$ 14.
Depois de “enfiar a faca até no cabo” no consumidor, nesta semana a Petrobras anunciou que poderá rever sua política de aumentos. Tem judiado até não poder mais para cobrir rombos bilionários, e agora, em véspera de ano eleitoral, quer parecer “boazinha”. 
Vale lembrar que os frequentes aumentos em 2017 já engoliram mais de 50% do valor do próximo reajuste do salário mínimo para 2018. Veja a tabela de preços, levantamento feito em (07/12).

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897