REMANEJAMENTO

Prefeitura pede remanejamento de 5% para encerrar o ano e Câmara aprova

Por: João Oliveira | Editoria: politica | 21/12/2017 | Visualizações: 1064

- Foto de Reprodução

A fim de encerrar o ano, a Prefeitura de São Sebastião do Paraíso encaminhou a Câmara Municipal projeto de lei pedindo autorização de 5%  de suplementação para dotação do orçamento para o exercício de 2017. O prefeito ressaltou que as despesas correriam por conta dos recursos próprios e vinculados do município. Desta forma, a Prefeitura terá condições de pagar as contas do restante do ano, destinando recursos às entidades e serviços executados pelo município.
A abertura de crédito, conforme justificou o prefeito, era para custear despesas, entre elas folha de pagamento dos servidores, empenhamento de despesas para Santa Casa, Fundação Gedor Silveira, Apae, iluminação Pública, combustível e “outros produtos e serviços que integram a manutenção de ações continuas para a comunidade”. 
O presidente Marcelo de Morais, destacou que apesar de ter solicitado o detalhamento dos valores que seriam gastos com a suplementação de 5% do orçamento, não foi enviado à Câmara. “Mas já temos uma ideia. Uma vez que por telefone foi informado que parte desse valor seria para a Santa Casa, parte para o Gedor Silveira, para a Secretaria de Obras e folha de pagamento dos servidores”.
O vereador Jerônimo Aparecido da Silva se manifestou dizendo que havia feito o levantamento do que seria destinado à Santa Casa, Gedor Silveira e Apae. Segundo o vereador, o montante ao todo correspondente a essas instituições seria em torno de R$ 4 milhões; para o pagamento de médicos R$ 600 mil; obras, Cemig, combustível e máquinas cerca de R$ 800 mil.
Marcelo questionou se a Prefeitura teria esse valor e Sérgio Aparecido Gomes interveio, alegando que existe o recurso e que seria vinculado. O projeto deu entrada na Câmara ainda na sessão de segunda, mas entendo a necessidade do município foi colocado em pauta  pelo presidente e a pedido de Jerominho foi emitido parecer favorável da Comissão de Finanças, Justiça e Legislação.
Após provação, o vereador Vinício Scarano pediu para que o projeto fosse votado em primeira e segunda votações com dispensa de interstício e, desta forma, foi aprovado pela Câmara. Marcelo ressaltou que a atitude dos vereadores demonstrou que não é intenção da Casa atrapalhar o andamento dos trabalhos do Poder Executivo. 

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897